quinta-feira, junho 30, 2005

Acabou um dos maiores mitos da Blogoesfera nacional...

Pois é aquilo que ia sendo anunciado acabou por acontecer...



é o fim de um blog que se caracterizava com sendo de diferentes esquerdas e de opinião inteiramente livre, acaba de alguma maneira por ser a forma como se identifica o politicaehouse...

Agitação em Cantanhede

Numa atitude de «veemente protesto» pela «situação calamitosa em que se encontra a agricultura portuguesa», a «concelhia em particular», os membros da bancada do PSD decidiram, em bloco, não participar na sessão de ontem da Assembleia Municipal.
Nos corredores ouviam-se outro tipo de justificações. O PS está a subir em Canmtanhede e os sociais democratas querem fabricar um facto político que lhes permita voltar a agitar a agenda política local.
Da parte do PSD e confrontados com este cenário ouviam-se outros fundamentos: " ... nada disso, o PSD vai ter maioria absoluta, mas não aceitamos tudo do poder central..."

BATISTA NÃO COMPREENDE SONDAGEM DO CAMPEÃO.

A sondagem cujos resultados começaram a ser divulgados, pelo “Campeão”, na semana passada, alcançou enorme repercussão, tendo-se registado, aqui e além, as habituais dificuldades em interpretar o alcance de estudos de opinião.
A questão só merece referência por o candidato do PS à presidência da Câmara de Coimbra, Victor Baptista, ter escrito (em As Beiras), certamente com ironia, que “quase já nem seria necessário realizar eleições autárquicas”.
Limito-me a estranhar o espanto do deputado face à divulgação da abstenção estimada quando se perguntou a 600 munícipes em quem votariam para a presidência da edilidade – Carlos Encarnação (PSD/CDS-PP/PPM), Victor Baptista ou Gouveia Monteiro (CDU). Perto de um em cada 20 (5,4 por cento) dos cidadãos auscultados não sabem quem elegeriam, não respondem ou não conhecem aqueles três candidatos, 3,8 por cento votariam num candidato proposto por outro partido e 20,2 por cento privilegiam a abstenção. São assim as sondagens. Uma interpretação plausível é a de que há 25,6 por cento de eleitores indecisos (mais de um em cada quatro), esperando-se que até Outubro se sintam mobilizados para escolherem o presidente da Câmara Municipal de Coimbra. Cabe aos candidatos persuadirem os munícipes a sufragar as listas. O presidente e os vereadores serão escolhidos por quem exercer o direito de voto e o índice da abstenção é geralmente superior ao valor apurado. Vale isto por dizer que resta aos potenciais presidentes mobilizarem os seus conterrâneos.
*****
Ficha técnica
A sondagem encomendada pelo “Campeão” à Eurequipa foi realizada entre 17 e 19 de Junho de 2005, tendo consistido em 600 entrevistas telefónicas a munícipes de Coimbra com mais de 18 anos. A selecção da amostra foi efectuada de forma aleatória, tendo como base os dados do Censo do Instituto Nacional de Estatística feito em 2001. O número de entrevistas foi ainda elevado ao número de eleitores das freguesias. As perguntas sobre Gouveia Monteiro tinham presente a sua dupla qualidade de vereador e candidato da CDU à presidência da Câmara de Coimbra. A margem de erro máxima, segundo a Eurequipa, é de quatro por cento e a margem de confiança cifra-se em 95 por cento. Os resultados do estudo de opinião encontram-se depositados na Alta Autoridade para a Comunicação Social.

Aqui

quarta-feira, junho 29, 2005

Emidio Guerreiro (1899-2005)

PS quer de novo referendo sobre interrupção voluntária da gravidez antes das Presidenciais

Alberto Martins, porta-voz do PS na AR, quer novo referendo sobre a interrupção voluntária da gravidez antes das próximas eleições presidenciais, em Janeiro de 2006.
Está aberta nova discussão sobre o problema, com a aparente recusa dos partidos de direita.
Resta saber se o Presidente da República, a quem compete convocá-lo, estará virado para uma manobra que, embora possa ser justa, é seguramente arriscada, na medida em que não há condições para um debate aberto e calmo num ambiente de eleições seguidas: autárquicas e presidenciais. Fazê-lo neste intervalo seria menorizar o debate sobre a IVG, o que não deve ser isso queo Governo pretende.

terça-feira, junho 28, 2005

Os Candidatos na internet...

Victor Sarmento o candidato do PS na Figueira da Foz, fez hoje a apresentação pública da sua página de Internet, ao analisarmos a página, não deixa de ser engraçado constatar que maior parte da pág. está em construção e que se tiverem o cuidado de clicarem sobre os apoios do candidato, surpreendentemente reconhecem que ele não têm qualquer apoio e por aquilo que entendemos aguarda que enviemos uma mensagem de apoio.
Será que é uma candidatura sem o apoio da cidade?? a seu tempo julgaremos...

O Politicaehouse aguarda também pela apresentação Pública das Páginas de Internet dos candidatos aqui do Burgo, mas desde já prevemos a página do PS, isto porque a empresa que está a tratar da campanha eleitoral de Vítor Sarmento é a mesma que trata da Candidatura de Vítor Batista,assim a página deste será www.VitorBatista.com ???
Aguardamos para ver...

Assim vai o distrito...

Censura???

As coisas andam turvas para os lados dos nossos vizinhos...se necessitarem de ajuda o politicaehouse encontra-se de prevenção...

esperamos que não tenha sido nenhum tiro no Porta-Aviões, para bem da Democracia...

Temos Manifestação...

Mensagem Recebida via SMS:
" NAO SEJAS INDIFERENTE! Vem marchar por um Portugal PLURAL contra o racismo e contra a Discriminação. Hoje às 17h em frente ao SEF ( Junto ao Bingo/AAC) Participa! JS/Coimbra"

Vamos ver se não chove...é que aqui por Coimbra hoje está bastante nebuloso...

Jovens Socialistas escolhem namorado da ex-candidata jovem na lista de Machado, Carla Violante, para a lista da Câmara

Os Jovens Socialistas escolheram ontem para os representar na lista de Vitor Batista o "jovem" Rodrigo Maia, namorado da ex-candidata jovens, por indicação de Luis Vilar, na lista socialista anterior, de Manuel Machado.
As divisões Internas que marcaram a última eleição concelhia dos jovens socialistas de Coimbra e também ficaram presentes na escolha do seu candidato jovem a integrar a lista de Vitor Batista.
A escolha foi feita entre a opção de Rodrigo Maia, docente na Escola Superior de Tecnologia de Tomar-Politecnico - e o conhecido "Guterres", actual Presidente da Associação Académica de Coimbra e aluno do 4.º ano da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra.
A curiosidade prende-se, ao que apuramos junto de alguns jovens socialistas, com o facto de Rodrigo Maia ser namorado de Carla Violante, ex-candidata jovem em 2001 na lista de vereadores do PS, indicada pelo presidente da concelhia, Luis Vilar, apesar de, desta vez, ele ser indicação mesmo da estrutura jovem da JS.

Imunidade Parlamentar

A imunidade parlamentar
Sempre discordámos de que um deputado, pelo facto de o ser, possa vir a gozar da imunidade parlamentar.Porquê esse privilégio, se ao cometer um crime, deve responder por ele como qualquer outro cidadão?!Mais; a sua qualidade de parlamentar deverá trazer-lhe mais responsabilidade pelos seus actos.E, se prevarica, não deve acobertar-se atrás da imunidade!Se se tratar de um delito pouco grave, a que corresponda uma pena leve, ainda se compreenderá que não se interrompa a sua carreira no Parlamento.Mas, se o delito cometido for de certa natureza, doloso, de elevada reprovação e punível com pena grave, então o seu autor não merecerá continuar a usar imunidade!A ética exige isso mesmo! É claro que até se ser condenado, por sentença com trânsito em julgado, se presume a inocência.Simplesmente, o que é preciso é que, nos Tribunais, se averigue a verdade, quanto mais depressa acontecer que se prove que a acusação não tem fundamento, mais força moral terá um deputado para exercer as suas funções.É que há até eleitos que, não estando na Assembleia da República, se esforçam para que saiam alguns dos seus companheiros de lista, para poderem entrar, sobretudo quando estão a contas com os processos judiciais!A esses a imunidade parlamentar faz, na verdade, “arranjo”!Luís de Melo Biscaia

Será que esta notícia poderá estar relacionada com as sábias palavras do Drº Biscaia???

...O ingresso do ex-braço-direito de Santana Lopes e arguido no «caso Freeport», Miguel Almeida, no grupo parlamentar do PSD veio causar mal-estar entre os deputados sociais-democratas, especialmente depois das tentativas do líder do partido, Luís Marques Mendes, ter iniciado uma política de moralização que levou ao afastamento de Valentim Loureiro e Isaltino Morais, ambos suspeitos em inquéritos judiciais, das listas às autárquicas.
Miguel Almeida é, de acordo com o CM, suspeito de ser o cérebro de uma conspiração contra Sócrates e a mãe deste...

PSD APOIA LISTA DE INDEPENDENTES NO BOTÃO

ÚLTIMA HORA

Carlos Encarnação decidiu não apresentar lista à freguesia do Botão, piscando o olho a muitos socialistas que recusam votar em Batista e em retroz e que votarão na lista de independentes.
Começa a dança ...

segunda-feira, junho 27, 2005

Partidos políticos com novas armas...

As Sondagens

Elas são as meninas dos olhos deles (elas são as Sondagens, eles são os Políticos).
Elas podem vir gordas, magras, altas ou baixas. Eles simplesmente passaram a adorá-las, como as mulheres, elas são ciumentas, umas em relação às outras.
Ora pois muito bem, o Galãn Victor Batista, não querendo ficar sozinho na fotografia, lá vai ele buscar uma sondagem como quem troca uns pézinhos de dança. Rumba? Samba? cha cha cha? ou será LAMBADA...
O baile será no jornal as Beiras, a música ainda está para ser escolhida, os figurantes e os bailarinos são os de sempre...

Resta saber se Coimbra acreditará nesta música...

Amanhã numa caixa de Correio perto de si...



O Politicaehouse sabe que hoje durante a noite, pelas ruas de Coimbra andará juventude a distribuir Publicidade pelas caixas de Correio e apela a todos os seus leitores que se lhes tocarem à campainha, abram a porta e ajudem-na a completar o curriculum do candidato socialista de forma a dignificar a sua candidatura...

Quando os votos são demais o eleitor desconfia...

...Esta semana, uma sondagem publicada num jornal semanário de Coimbra, quase já nem seria necessário realizar eleições autárquicas. Como sou dos que dou credibilidade a estudos de opinião esta merece–me os seguintes comentários:a) Não é habitual que as sondagens incluam a abstenção, verifiquem–se as que são regularmente publicadas no semanário Expresso. As sondagens incidem sobre quem tenciona votar e não sobre quem não vota. E esta sondagem tem 20,2% de abstenção. No Expresso o que verificamos é a resposta sobre os partidos ou candidatos e depois aparece os que NS/NR (os que não sabem em quem vão votar ou querem votar mas não respondem).b) A amostra da dita sondagem foi de 600 cidadãos, e por isso mesmo, uma pequena amostra, mas como 20,2% ainda se abstêm, então a amostra fica ainda mais reduzida, a apenas 479 cidadãos que tencionam votar. E como quem decide o acto eleitoral autárquico, são de facto os que votam, e não os abstencionistas, os resultados da dita sondagem publicada nunca poderão minimamente corresponder à realidade.c) Confesso que julgo saber as motivações que estão por detrás da sondagem. Estou nesta campanha para ganhar a Câmara e ninguém me desmotivará deste combate. A seu tempo surgirão sondagens credíveis e essas sim merecerão a minha atenção, até porque ninguém acredita que o PS tenha intenções de voto de 23,6%, quando a nível nacional se situa entre os 43% e 47%.Há um velho ditado popular que diz: quando a esmola é demais o pobre desconfia”. Neste caso eu diria: quando os votos são demais o eleitor desconfia. Se uma das motivações foi parar o meu visível crescimento eleitoral brevemente verificarão o erro cometido....

Assim escreve o candidato do partido socialista...

domingo, junho 26, 2005

Será Possível ???

Então o Miguel Almeida quer ocupar o seu lugar na Assembleia da República...Isto depois de ter sido constituído arguido...

Acho que nós cidadãos desta Sociedade Civil que é a nossa temos de perguntar:

O crime compensa???


O politicaehouse não pode deixar de referir que sendo arguido, não é criminoso até prova em contrário, mas que ajuda, ajuda...

Mais uma Sondagem...

Sondagem realizada pelos nossos vizinhos ( que passarão a constar da nossa Galeria):




Vencedor: maezinha porque nasci em coimbra...


Assim vai o Distrito...

sexta-feira, junho 24, 2005

Voltando a Recordar ...

Cascais
Arrobas da Silva e Germano de Sousa nas listas do PS

O advogado Arrobas da Silva e José Germano Rego de Sousa, ex-bastonário da Ordem dos Médicos, são os dois nomes fortes que o Partido Socialista vai apresentar como cabeças de lista nas próximas eleições autárquicas respectivamente à presidente da câmara e assembleia municipal de Cascais.A decisão foi tomada por unanimidade pela Comissão Política Concelhia do PS e constituiu, segundo Umberto Pacheco, líder daquela estrutura local, um momento de viragem para Cascais.Para aquele responsável político, tanto Arrobas da Silva, como Germano de Sousa, prefiguram importantes mais valias não só para o Partido Socialista, que se apresenta ao eleitorado com uma equipa constituída por personalidades de reconhecida capacidade, como o município passa a dispor de gente credível e capaz de empreender uma gestão sustentada abrindo de novo a esperança de melhores dias para Cascais. A coligação de direita PSD/PP, lembra Umberto Pacheco, que governa o concelho há quatro anos “tem vindo a provar a sua incapacidade para gerir os destinos do município”, razão pela qual, acrescenta, o eleitorado terá em Outubro a possibilidade de reabrir as portas do desenvolvimento e da sã gestão autárquica votando nas listas do PS.
No Jornal Acção Socialista de 15 Junho 2005


Na Figueira da Foz foi assim... "Não sou candidato, estou disponível para ser candidato", disse, admitindo vir a encabeçar uma lista de independentes "ou negociar (a candidatura) com um partido político" "É uma questão a analisar, nesta altura estão várias hipóteses em aberto"

Que conclusões a tirar???

BATISTA TUDO FEZ PARA VER O NOME DE MARINHO LONGE, MAS VAI TER UM MARINHO PARA DISPUTAR A CÂMARA. ANTÓNIO MARINHO É O CANDIDATO DO BLOCO DE ESQUERDA

VITOR BATISTA BEM PODE DIZER QUE LHE ANDA A CORRER TUDO MAL !

Tudo fez para o nome Marinho não o aborrecer.
Tudo fez para deixar de ouvir este nome quer em Coimbra, quer na Figueira.
Mesmo pondo em causa os resultados do PS e os interesses futuros do PS, Batista fez o que estava e o que não estava ao seu alcance, e conseguiu, para afastar este nome do seu presente.
Mas eis senão quando....ANTÓNIO MARINHO é o candidato do BE à Câmara de Coimbra.
Batista vai ter de pedalar. É que o eleitorado que vota CDU e BE nestas eleições é sobretudo o eleitorado socialista descontente com a escolha do candidato socialista e é aí que está a sua margem de crescimento.
Há uma coisa certa: António Marinho é combativo e não vai dar tréguas ao candidato que lhe pode dar os votos: o eleitorado socialista.

Quem adivinha o candidato socialista à Câmara de Cascais ?

Pois é. O candidato socialista à Câmara de Cascais é nada mais nada menos que ARROBAS DA SILVA.
LEMBRAM-SE?
ARROBAS DA SILVA foi a primeira ficção de Batista e Jorge Coelho para a Câmara Municipal da Figueira da Foz. Todos serviam, até Horácio Antunes, para impedir a escolha da Concelhia.
A única coisa que ainda se pergunta, é porquê ?
Ainda se fossem nomes sonantes, poder-se-ia imaginar que Jorge Coelho e Batista queriam mesmo ganhar a Câmara. Mas está provado que não é isso.
Arrobas foi imediatamente eliminado porquanto o resultado que teve na sondagem ficava muito áquem e não era possível "meter"os pózinhos mágicos para subir. Horácio Antunes teve a mesma sorte. O interessante é que Horácio rejeitou liminarmente a candidatura a Oliveira do Hospital, mesmo sabendo que essa candidatura havia servido para a sua inclusão na lista de deputados, mas permitiu a Batista a inclusão do seu nome numa sondagem para a Câmara da Figueira da Foz.
Enfim...o PS no seu melhor.
Um presidente distrital de um partido que se preze, ao perceber que as premissas da inclusão de alguém de uma lista de deputados ao serem defraudadas pela pessoa, deveriam ter como consequência a não cogitação desse nome para mais nada.
Jorge Coelho lá arranjou uma câmarazita ( Cascais ) para o seu compadre Arrobas.
E logo a de Cascais que tanta tinta tem feito correr.

quinta-feira, junho 23, 2005

E O MINISTÉRIO DA DEFESA? FICA À MARGEM DA CRISE ?

O ministro da Defesa, Luís Amado, advertiu hoje que as Forças Armadas "não podem ficar à margem do esforço de ajustamento" que o país terá de fazer para resolver os "problemas complicados" do défice das contas públicas.
"O esforço de ajustamento financeiro que o país vai ter de fazer nos próximos anos terá reflexos" nas Forças Armadas, garantiu Luís Amado numa intervenção sobre as prioridades da política de Defesa Nacional, num almoço organizado pela Associação de Amizade Portugal- EUA, sem referir números.
Os "condicionamentos internos" decorrentes da crise das finanças públicas vão reflectir-se na "redefinição de objectivos" e no processo em curso de reorganização e reforma das Forças Armadas, nomeadamente na organização, recursos humanos, financiamento e reequipamento, afirmou.
A este respeito, Luís Amado disse apenas que os processos em curso de compra de novo equipamento para o Exército, Força Aérea e Defesa "vão continuar sem ignorar as dificuldades financeiras", "salvaguardando a possibilidade de os concursos lançados" pelo seu antecessor Paulo Portas "chegarem a bom porto".
Paralelamente, acrescentou, será necessário rever aspectos como a "situação de irracionalidade" no património das Forças Armadas, "garantir níveis de sustentabilidade" em matéria financeira ou resolver "problemas complicados" em matéria de recursos humanos.
No entender do ministro da Defesa é ainda necessário "valorizar o empenho das Forças Armadas no esforço de modernização do país" e redefinir as áreas de delimitação entre segurança interna e externa, ajustando "os dispositivos ao que for necessário fazer".
Esta "redefinição do sistema" pode "não envolver necessariamente" uma maior participação das Forças Armadas em acções de segurança interna, esclareceu depois Luís Amado.
Ainda assim, o ministro da Defesa advogou que a crise orçamental "contém em si um virtuosismo para a mudança" e que existe "um extraordinário potencial das Forças Armadas na recuperação económica do país".
No final da sua intervenção, em resposta à pergunta de um dos presentes no almoço, Luís Amado confidenciou ainda que sempre foi "pessoalmente contra o fim do Serviço Militar Obrigatório", que foi extinto em parte devido à "grande pressão das juventudes partidárias.

LEMBRAM-SE????

"Guerra" de números entre Marinho e Baptista



“Guerra” de sondagens alastra a Coimbra

quarta-feira, junho 22, 2005

Encarnação dobra votação de Vitor Batista: 40,4% Vs 19,8%

SONDAGEM "CAMPEÃO DAS PROVÍNCIAS"

CARLOS ENCARNAÇÃO: 40,4% PSD+PP: 46,9%
VITOR BATISTA:19,8% PS: 23,6%
GOUVEIA MONTEIRO:10,4% CDU: 11,7%
BE: 1,4%

Vereadores:
POR COIMBRA:
6
PS: 4
CDU: 1

FICHA TÉCNICA:
Sondagem da Euroequipa para o "Campeão das Províncias", realizada entre 17 e 19 de Junho, consistindo em 600 entrevistas telefónicas. A margem de erro é de 4% e a margem de confiança é de 95%. Os resultados encontram-se depositados na AACS.



Estes resultados causam-nos alguma perturbação, não foi há muito tempo que Vítor Batista, para conseguir convencer os seus camaradas, divulgou uma sondagem que o colocava numa situação de empate técnico face a Carlos Encarnação.
Aliás não esquecemos uma outra sondagem encomendada por "supostos" amigos de Luís Marinho publicada na mesma altura e que dava resultados muito diferentes dos do presidente do PS de Coimbra.
Na altura, Vítor Batista revelando não ter capacidade de encaixe, critica a Sondagem desfavorável, chegando mesmo a apresentar queixa na AACS, porquanto entendia que os critérios não seriam cientificamente os mesmos.
Recordamos também que a AACS respondeu 1 mês e meio depois, afirmando ter analisado os critérios científicos de ambas as sondagens.
Concluindo:
1- Os Critérios Científicos utilizados nas duas sondagens de opinião em causa são aqueles que todas as empresas de sondagens são obrigadas, tendo de seguir a lei que regulamenta essas matérias;
2- A análise e os resultados de ambas as sondagens são idênticos;
3- Os resultados são idênticos quer em relação ao grau de conhecimento do actual Presidente da Câmara como também ao seu grau de notoriedade.

Uma das sondagens colocava Carlos Encarnação a 9% de Luís Marinho e a 11,5% de Vítor Batista, sendo o grau de satisfação em relação ao actual Presidente da Câmara de cerca de 68%. Quanto à sondagem encomendada pelo PS/ Coimbra colocava Vítor Batista a 1% de distância de Carlos Encarnação, sendo o grau de satisfação em relação ao actual de Presidente da Câmara de cerca de 45%.

Claro que o Presidente da Distrital do PS de Coimbra, com a intenção de manobrar a opinião Pública divulgou partes da sua sondagem.
Apesar de ter ficado claro que Luís Marinho, mesmo num contexto difícil de Encarnação dominador, estava à frente de Vítor Batista na disputa autárquica em Coimbra.

Ora, aguardaremos com muita curiosidade os resultados eleitorais de 9 de Outubro. Nessa altura avaliaremos quem falou verdade, e aí saberemos que sondagens foram ou não credíveis...

Em todo o caso desejamos Profundamente que a campanha eleitoral não se transforme numa batalha Populista e sobretudo desejamos que haja propostas estudadas, pensadas, discutidas com quem sabe e tem experiência nos vários domínios da Gestão Municipal " apesar de sabermos que isso depende dos políticos intervenientes"!

HOJE LÁ PARA A MEIA NOITE O POLITICAEHOUSE DIVULGARÁ A MEGA SONDAGEM AUTÁRQUICA FEITA PARA COIMBRA

Hoje, pela meia - noite, serão divulgados os resultados de uma grande sondagem feita por um jornal do nosso burgo.
Os resultados são esclarecedores.
Não perca....aqui no politicaehouse. Saberá resultados absolutos. Níveis de notoriedade. Avaliação de competência dos candidatos já anunciados à Câmara de Coimbra. Avaliação de nível de conhecimento. Graus de satisfação com o actual presidente de Câmara.
Não perca....visite-nos a partir das 23.30.

Amanhã ou hoje ainda...

Está para rebentar uma "bomba" política....

Aguardemos...

Temos Speaker para os Olivais...

Sansão Coelho habitual Speaker nos jantares do PS de há uns anos a esta parte, decidiu sair dos bastidores do palco e aparecer de microfone em punho aos eleitores de Santo António dos Olivais.
Eis o candidato que o PS escolheu à maior Freguesia do Concelho e uma das maiores do País.


Curiosidade: Quem será o Speaker escolhido para o jantar de apresentação de Sansão Coelho?
Vitor Batista???Luis Vilar???

terça-feira, junho 21, 2005

Blogs do nosso distrito...

Alguns Blogs que decidimos adicionar à nossa Galeria e que são merecedores de uma leitura diária, não só por abordarem assuntos do distrito mas acima de tudo porque escrevem temas interessantes...

http://portaavioes.blogspot.com/
http://ponteeuropa.blogspot.com/
http://www.politicadesoure.blogspot.com/
http://goisvivo.blogspot.com/
http://amicusficaria.blogspot.com/
http://abeiramar.blogspot.com/
http://arcadapeste.blogspot.com/
http://www.arcadoouro.blogspot.com/
http://quintopoder.blogspot.com/
http://lugarparatodos.blogspot.com/

Assim vai o distrito...

Mais uma opinião...

PS A DESGRAÇA CONTINUA
O candidato do PS, à autarquia de Coimbra, Vi(c)tor Ba(p)tista diz nuns cartazes que mandou pôr que tem «uma estratégia para Coimbra».Como é possível que este senhor tenha uma estratégia para Coimbra quando lhe faltam as estratégias para unir o PS?Que o digam os socialistas da Figueira da Foz, de Soure e muitos de Coimbra que dizem «- tenho pena pelo PS. mas o PS/COIMBRA merece o que se prevê... talvez aprenda.»Sugere-se como slogan para Vi(c)tor B. -« Garanto que vai pagar mais impostos!» Pode não render muitos votos mas tem uma sinceridade a 100%

De um novo vizinho, que constará futuramente da nossa ainda pequena galeria...

Carlos André, ex-Governador Civil no 1.º Governo de António Guterres e colega de Vitor Batista nessas funções comenta autárquicas em Coimbra

Revista: INVEST, nº 5, Junho.

Pergunta:
"Em Coimbra, Carlos da Encarnação pode começar a pensar no 2º mandato, contra Vitor Baptista, pelo PS?

"Carlos André, responde: "Não tenho dúvidas nenhumas: Carlos da Encarnação já ganhou. Tem prestígio, perfil, carisma pessoal. Vitor Baptista não é figura para se opor a Carlos da Encarnação."

Descubra as Diferenças...

Mercado de Barcelona Vs Mercado de Coimbra



é caso para perguntar, quem apareceu primeiro se a Galinha ou o Ovo...

COMEÇOU....

O Politicaehouse dá por iniciada a campanha eleitoral...

Aguardamos as movimentações dos outros partidos...

Grito de Revolta?!?!?

Ao abordarmos o tema politicadesoure nesta fase falamos obrigatoriamente de Vítor Batista. Por isso, faço daqui um apelo aos eleitores do concelho de Coimbra para que não hesitem em penalizar este senhor nas próximas eleições autárquicas. NÃO REÚNE CONDIÇÔES PARA PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE COIMBRA. Traidor, desonesto, oportunista, mentiroso, arrogante....são alguns dos atributos que lhe assentem bem. Que o diga o eleitorado socialista do concelho de Soure!Um forte apelo também aos camaradas do distrito para que lhe mostrem o cartão vermelho!A derrota humilhante que vai sofrer em Outubro vai ser o princípio do fim daquele que já é considerado o pior presidente da federação de todos os tempos.Cá estaremos para ver e para festejar!Um forte abraço e até breve!A campanha continua!
ASS: Um socialista traído e desiludido Soure

Assim vai a política por Soure

segunda-feira, junho 20, 2005

Palavras de quem sabe...

Políticos sem escrúpulos
Infelizmente, há disso por aí! Alguns para quem não existe ética nem honestidade e rectidão nos procedimentos. Não olham a meios para atingir os fins que lhes convêm, mesmo que ilícitos ou censuráveis.Só que , por vezes, quando menos esperam as suas trafolhices vêm ao de cima e temos mais um escândalo, a juntar a muitos outros que, quase diariamente, alimentam os órgãos de comunicação social.Desta vez, pelos vistos, terá havido um conluio entre várias entidades responsáveis (ou melhor "irresponsáveis"!)por altura das últimas eleições legislativas.E para quê? Para se atingir o bom nome e a dignidade de adversários políticos, procurando aniquilá-los, a todo o custo.Perante uma eminente derrota, havia que molestar, sem escrúpulos, quem estava no lado contrário.Mas, se as manipulações e as mentiras partem de políticos, numa luta eleitoral, isso é sempre censurável; se nessas atitudes se metem instituições que,pela sua própria natureza deviam ser apolíticas, então isso é bem mais condenável, merecendo um repúdio total.Quando é que alguns dos nossos agentes políticos se convencem que acima de tudo está a ética, o civismo, o respeito pelo adversário, a verdadeira convivência democrática?!Quando é que se resolvem a não só apregoar esses princípios, mas a cumpri-los no seu dia a dia?!

Palavras de um grande Senhor da Sociedade Civil da Figueira da Foz - Drº Melo Biscaia

100 dias de Polémica...

Passaram 100 dias desde que o governo de José Sócrates tomou posse.
Foram seguramente 100 dias de polémica, contrariando a expectativa de alguns, ou a crença de outros.
Estes primeiros 100 dias (provavelmente com alguns esperados erros) foram para uns corajosos, para outros com falta de sensibildade partidária, para outros com alheamento autárquico e para outros ainda uma fraude...


Aguardamos o seu comentário...

IPAM realiza Sondagem Autárquica em Coimbra...

Ipam está a realizar uma sondagem de opinião com todos os candidatos assumidos de Coimbra, a única informação que o Politicahouse não conseguiu confirmar é de quem a encomendou:

-PSD/PP?
-PS?
-BE?
-CDU?

Politicaehouse espera dentro de poucos dias revelar o cliente e o resultado da sondagem...

domingo, junho 19, 2005

sondagens: publiquem-se para terem alguma credibilidade !

As Sondagens das nossas vidas !

Não gostamos muito de tecer comentários políticos com base em sondagens, até porque todos sabem que elas têm a importância que cada qual lhe quer atribuir. Depois porque política não é isso. Política é feita por aqueles que para além de terem carácter e lisura no seu exercício é igualmente feita por aqueles que têm competência, criatividade e capacidade de trabalho para inventar o que não está inventado na resolução dos problemas do país.
Que me interessa a mim saber se o candidato A está à frente ou atrás do candidato B ?
O que importa é saber quem é o A e o B para eu saber se, em primeiro lugar, são pessoas qu pelo seu percurso têm carácter, se são de confiança, se a sua história de vida me oferece garantias de que são pessoas respeitadoras dos outros, sensíveis a quem precisa, incapazes de cederem a interesses de amigos e conhecidos em prol do bem público.
Depois importa eu recohecer no A e no B saber, imaginação, competência, sabedoria, experiência reconhecida aqui fora na sociedade civil.
Estes são os ingredientes necessários a uma boa escolha política em qualquer eleição.
Discutir sondagens é um mau começo. É o começo por onde se iniciam os políticos com p minúsculo : os populistas.
Já agora... se Batista está assim tão perto ou mesmo à frente de Encarnação porque não pública Vitor a sondagem num qualquer jornal cá do burgo ?
Já que foi capaz de publicar uma sondagem que dava o PS a perder na Figueira da Foz, mesmo com o candidato Vitor Sarmento que escolheu, estranhamos que não faça chegar aos jornais uma sondagem que o coloca tão bem .
Mistério . . .
Se Batista, ao contrário, está a 4% de Encarnação, então quer dizer que está a perder terreno, já que a 1.ª sondagem que o fez colocou-o a 1%, num empate técnico do PSD.
Então depois de começar as suas sessões e visitas já perde terreno em relação ao seu ponto de partida que o levou a candidatar-se ?
Novo mistério . . .

DISCORDAMOS...dos nossos vizinhos

Uma sondagem ontem publicada no semanário "Expresso" dava a Rio uma vantagem de sete pontos sobre Francisco Assis, o candidato socialista á autarquia do Porto. Este estudo não teria qualquer relevância para além daquela que se deve dar a 4 meses das eleições não fora o facto de Assis ser o líder da federação do Porto do PS. E a importância aqui resulta do facto do líder da federação socialista de Coimbra ter sondagens que o dão a 1 e a 4 pontos do actual presidente da cãmara de Coimbra, Carlos Encarnção.Bem sabemos que no Porto, como em Coimbra, enquanto os candidatos não unirem ( ou satisfizerem? ) os seus opositores internos haverá sempre uma mensagem derrotista no ar. Mas Vitor Baptista estar a 4 pontos de Encarnação, quando este concorre em coligação e se encontra em primeiro mandato, depois de ter juntado mais de 2000 pessoas num jantar realizado longe do fervor da campanha eleitoral ( já descontamos 300 ou 400 pessoas ) só pode ser lido como um sinal de preocupação para a coligação psd/pp.E também para alguns que internamente teimam em "queimar" o candidato socialista, como aliás vão fazendo com tudo o que mexe.

Retirado do Ponte Europa


É caso para perguntar:
onde está a Sondagem???ou Sondagens???

sexta-feira, junho 17, 2005

Mais uma Bronca para rebentar???

Tal como os amicus ficaria não resistiram e o quinto poder anunciou, o politicaehouse também não pode deixar de publicar esta notícia que a confirmar-se revela o estado em que se encontra actualmente a política...

“Miguel Almeida, ex – chefe de Gabinete de Pedro Santana Lopes na Câmara de Lisboa, foi constituído arguido pela PJ no caso dos documentos, alegadamente adulterados, do processo Freeport. Os papeis, que foram reproduzidos pelo jornal "O Independente" durante a última campanha eleitoral, ligavam José Sócrates e a mãe a um inquérito sobre corrupção e financiamento ilegal de partidos políticos relacionado com o complexo Freeport, em Alcochete.(...)“ Disseram-me que era era suspeito de violação do segredo de justiça” refere o próprio .E desabafa “ Não sei porque é que me vieram bater á porta. Só pode ser uma anedota “
fonte: Sábado

e era este senhor que queria ser candidato à Câmara Municipal da Figueira da Foz...

Vamos aguardar os próximos episódios...

DEBATE SOBRE ENSINO, INOVAÇÃO E CONHECIMENTO: DE NOVO ÀS MOSCAS...

Quarta-Feita passada realizou-se mais um debate no âmbito do ciclo de debates tendentes a reabilitar a imagem do candidato socialista Vitor Batista, como pensador.
Pena é que não se inclua Batista no lote dos oradores.
Desta vez estiveram presentes os convidades Abílio Hernandez e Teresa Mendes mas falaram para as moscas presentes.
Abílio porém recusa qualquer envolvimento à candidatura socialista tendo estado presente como poderá vir a estar em todas as conferências para as quais seja convidade a falar destes temas, incluindo as de Encarnação.

A LISTA DE VITOR BATISTA À CMC

Passou por aqui um email não identificado, mas que invocava uma especial proximidade com os socialistas, dando conta da lista provável de Vitor Batista. Ora ela será mais ou menos assim :

1. VITOR BATISTA

2. JOÃO VASCO RIBEIRO

3. ROSA REIS MARQUES

4. FERREIRA DA SILVA

5. MULHER

6. PRESIDENTE DA JS

7. POR ESCOLHER

8. POR ESCOLHER

9. POR ESCOLHER

10. POR ESCOLHER

quinta-feira, junho 16, 2005

Ratificação da Constituição Europeia adiada para meados de 2007

Pois é, aquilo que muitos esperavam acabou por se concretizar... Só voltaremos a falar de Constituição Europeia lá para 2007, em que se irá traduzir isto???

Agora vamos ter campanha eleitoral exclusivamente virada para as Autárquicas... já não vai haver justificação pelos maus resultados... Vamos mas é discutir exclusivamente os problemas do distrito que a Europa ficará para depois...

CRISE NA EUROPA???

FAUSTO CORREIA ANDA A ARRANJAR CANDIDATO AO PS/COIMBRA CONTRA BATISTA

Mais uma vez Fausto Correia acha-se o senhor dos aneis ...

Soubemos que Fausto Correia e António Campos andam a tentar arranjar candidao à Federação do PS-Coimbra contra Vitor Batista. Os contactos começaram a ser feitos de forma muito subtil e visam evitar a candidatura de Luis Marinho, que é dadda como certa nas hostes socialistas.
Marinho tem boas condições para que isso aconteça, designadamente o facto de ter sido miseravelmente eliminado por Batista, num puro instinto de sobrevivência, o facto de os resultados esperados na Figueira da Foz serem fracos, o facto de os resultados em Coimbra poderem ser calamitosos, o facto dos resultados no distrito poderem ser igualmente fracos.
Tudo concorre para que Marinho possa vir a beneficiar de condições excelentes num eventual candidatura, podendo aproveitar a reunião de descontentes com os apoios claros que pode vir a recolher.
Quem não está nada satisfeito com este hipotético cenário é Fausto Correia e António Campos que nutrem pelo ex-eurodeputdao um ódio de estimação antigo.

Sem Palavras...

quarta-feira, junho 15, 2005

Luis Vilar e Vitor Batista divulgam suposta sondagem do PSD...

Chegou-nos aos ouvidos que Luis Vilar e Vitor Batista nas freguesias rurais de Coimbra andam a divulgar a existência de uma Sondagem encomendada pelo PSD/Coimbra que dá a vitória ao PS em Coimbra com uma margem de 4%.
Desafiamos os Sociais Democratas visados a confirmarem estes dados para o nosso mail( politicaehouse@gmail.com)...

Vêem aí tempos díficeis...

Presidenciais: Vitorino disse «não» definitivo a Sócrates

Não está fácil para o Líder do PS escolher um candidato para as Presidenciais...quando já é mais que assumido que Cavaco Silva irá travar essa batalha...

Quem irá dar a cara pelo partido, numa batalha que para muitos já está perdida???

DESAFIO...

O politicaehouse lança o desafio aos candidatos autárquicos do distrito de Coimbra, no sentido de aderirem às novas e modernas vias de comunicação e criem como espaços de discussão política Blogs e/ou páginas de candidatura na internet...


o politicaehouse assim compromete-se a divulgar as respectivas páginas, visto que o nosso objectivo é criar a discussão de ideias...

Não há fumo sem fogo....

Como o politicaehouse anunciou ontem as coisas não andam bem nas hostes socialistas de Góis, se de facto foi como diz o jornal as Beiras - Discussão violenta acabou com reunião em Góis, ao que isto chegou...


A Federação Socialista deverá ter uma palavra a dizer, mas que não tome essa posição por actos mas sim por palavras, que de actos já bastou a vergonha de Segunda Feira...

terça-feira, junho 14, 2005

Nota de Rodapé...

Primeiro debate do ciclo de Conferências organizado pelo Ps de Coimbra no âmbito da candidatura deVitor Batista à Câmara Municipal "esteve completamente às moscas".

Nenhuma figura de cartaz convidada esteve presente, diminuindo claramente a qualidade do debate.
O tema de ontem até era aliciante: O tão famoso Metro Mondego.
Batista continua com grandes dificuldades de afirmação e mais ainda na constituição de uma alternativa credível, politicaehouse deseja ao candidato socialista mais sorte, para que o confronto de ideias constitua uma mais valia para o Concelho.

Que se passou em Góis???

Alguém nos pode dizer o que aconteceu ontem na Reunião da Comissão Política do Ps de Góis????

Chegou-nos aos ouvidos que voaram cadeiras...

BAPTISTA APOSTA EM "VENDER" A SUA IMAGEM EM COIMBRA

Victor Baptista, candidato socialista à Câmara Municipal de Coimbra tem afirmado, por onde passa, não ser preciso muitas ideias porque neste novo tempo de frases fortes que duram milésimas de segundo e mensagens telegráficas o que importa é "vender" imagem.
Aliás, a sua campanha será fundamentalmente isso: imagem.

Achamos que o candidato do PS talvez não tenha sequer percebido a que Câmara municipal é candidato!
Como achamos que não terá ainda entendido que será difícil vender a sua por ser especialmente conhecida.

Temos Recordista...

Governo PS já efectuou 1094 nomeações. Mais 60 do que o executivo anterior. Mas o primeiro-ministro mantém-se em estado de graça. Segundo sondagem, a maioria dos portugueses apoia as medidas de austeridade anunciadas.

O Governo socialista realizou 1094 nomeações nos primeiros dois meses e meio de mandato, número que ultrapassa as 1034 nomeações feitas pelo Executivo de Santana Lopes no período comparável, avança o Jornal de Negócios esta terça-feira.
Destas mais de mil nomeações, 866 são para os gabinetes, segundo a pesquisa efectuada pelo jornal. Outras nomeações correspondem a decisões políticas ou «à habitual dança de cadeiras entre gestores públicos».
Em termos gerais, o Ministério das Finanças é o que mais nomeações efectuou até agora, com 112 pessoas indicadas pelo gabinete do ministro e dos secretários de Estado, adianta o Jornal de Negócios. No entanto, se análise for feita por governante, chega-se à conclusão de que é o próprio primeiro-ministro, José Sócrates, que mais nomeações efectuou.
Feitas as contas, são 12,7 por dia as nomeações feitas por este governo socialista até agora. No entanto, as nomeações feitas pelo actual executivo ainda ficam aquém das feitas pelo Governo de Durão Barroso, que após cinco meses em funções - quando foi efectuado o primeiro balanço - tinha já efectuado 1260 nomeações, das quais 940 para gabinetes.
O número de nomeações para os gabinetes deve ainda aumentar consideravelmente nos próximos dias, explica o jornal. Até porque já se verificaram algumas situações de adjuntos ou assessores inicialmente nomeados para gabinetes que depois foram nomeados para cargos na Administração Pública, o que faz com que seja necessário nomear novas pessoas para os substituir. Esta é, aliás, uma prática recorrente dos Governos anteriores.




Alguém de Coimbra? ou do Distrito?

CURVAMO-NOS EM SILÊNCIO PERANTE A MORTE DO VERDADEIRO POLÍTICO: ÁLVARO CUNHAL

Morreu um dos poucos políticos que lutou sempre por aquilo em que acreditava, sem interesses mesquinhos e pessoais. Fez da sua vida uma escola da vida.

Em Junho de 1937 é preso pela primeira vez. É levado para o Aljube e posteriormente transferido para Peniche. Um ano depois é libertado, mas por razões políticas é obrigado a cumprir o serviço militar, em Dezembro de 1939, na Companhia Disciplinar de Penamacor. Por razões de saúde, Álvaro Cunhal acaba por ser dispensado pela Junta Médica Militar.

Ao longo da década de 30, Cunhal foi colaborador de vários jornais e revistas, entre os quais se contam "O Diabo"; "Sol Nascente"; "Seara Nova"; "Vértice"; e nas publicações clandestinas do PCP, "Avante" e "Militante", onde escreveu artigos de intervenção política e ideológica.

Em Maio de 1940 é novamente preso e faz o seu exame final na Faculdade de Direito de Lisboa sob escolta policial. Apresenta uma tese sobre a realidade social do aborto, que seria avaliada por um júri composto por Marcelo Caetano, Paulo Cunha e Cavaleiro Ferreira, figuras destacadas do regime Salazarista. A sua classificação final foi de 16 valores.


Em 1941 trabalhou como regente de estudos no Colégio Moderno, a convite de João Soares, pai de Mário Soares, função que desempenhou até Dezembro do mesmo ano, altura em que entrou de novo na clandestinidade.

Em 1947, faz uma viagem clandestina à URSS, Jugoslávia, Checoslováquia e França, a fim de restabelecer as relações do PCP, com o movimento internacional.

A 25 de Março de 1949, Álvaro Cunhal é preso pela terceira vez, numa casa clandestina do Luso. Com ele são também presos Militão Ribeiro e Sofia Ferreira.

O seu julgamento ocorreu um ano depois. Neste julgamento Cunhal fez uma declaração em que se afirmava "filho adoptivo do proletariado" e dirigiu um forte ataque ao regime salazarista.

Foi condenado e preso na Penitenciária de Lisboa, sendo transferido para a prisão-fortaleza de Peniche em 1958.

Em 1953 desenvolve-se um movimento internacional de solidariedade pela sua libertação, que conta com a participação de inúmeros intelectuais e artistas estrangeiros. Destes destacam-se Jorge Amado e Pablo Neruda, que lhe dedica o poema "Lámpara Marina".

Dos onze anos que esteve encarcerado, foi mantido incomunicável durante catorze meses e passou oito em total isolamento.

Em Janeiro de 1960 dá-se a famosa fuga do Forte de Peniche.

A 25 de Dezembro de 1960 nasce a sua única filha, Ana Cunhal, fruto da sua relação com Isaura Maria Moreira.

Após a fuga, Cunhal fica ainda cerca de dois anos em Portugal, na clandestinidade. Durante este período viveu em casas clandestinas de vários pontos do país como: Sintra, Ericeira, Amadora, Coimbra, Porto.

Em 1961 é eleito Secretário-geral do PCP.

Em 1962 é enviado pelo PCP para o estrangeiro, primeiro para Moscovo, depois para Paris onde vive clandestino durante cerca de oito anos. Assiste em Paris ao Maio de 68 e é lá que a Revolução de Abril o vai surpreender.

Regressa a Portugal a 30 de Abril de 1974.

A 15 de Maio do mesmo ano toma posse como ministro sem pasta no I Governo Provisório. Mantém o mesmo cargo nos II, III e IV Governos Provisórios.

Em 1975 é eleito deputado à Assembleia Constituinte e até 1992, altura em que se afasta do cargo de Secretário-geral do PCP, é eleito deputado à Assembleia da República, por Lisboa, em todas as eleições legislativas (1976; 1979; 1980; 1983; 1985; 1987). Só por curtos prazos ocupará esse lugar.

Em 1982 torna-se membro do Conselho de Estado, cargo que abandona em 1992.

Em Janeiro de 1989 parte para Moscovo, onde será sujeito a uma intervenção cirúrgica cardiovascular. Já recuperado, regressa a Portugal em Junho do mesmo ano.

No ano de 1992 abandona o cargo de Secretário-geral do PCP, que passa a ser ocupado por Carlos Carvalhas, e é eleito pelo Comité Central para o então criado cargo de Presidente do Conselho Nacional do PCP.

Liberto das suas funções de liderança partidária, Álvaro Cunhal, a par da actividade política corrente, assume claramente a sua condição de romancista e esteta. Neste sentido, em 1995 reconhece publicamente ser o romancista Manuel Tiago e um ano mais tarde publica um ensaio sobre estética, onde apresenta as suas reflexões neste domínio

Bem Vindo...

O Politicaehouse não pode deixar de dar as boas vindas ao regresso de um verdadeiro Blogueiro, um homem que faz bastante falta aqui nas lides dos Blogs, uma pessoa que tal como o politicaehouse tem sempre boas fontes que se acabam por traduzir em boas notícias...
Assim este será o primeiro Blog a fazer parte dos nossos links...
A ti Paulo Dâmaso (nós sabemos que tu não sabes quem nós somos, mas está tranquilo, nós sabemos quem tu és) Boa Sorte...

segunda-feira, junho 13, 2005

NOTÍCIA DE ÚLTIMA HORA...

O Politicaehouse acabou de saber que Rui Alarcão recusou o convite do PS para ser o candidato a Presidente da Assembleia Municipal de Coimbra...
Para dar um auxílio ao PS, o politicaehouse lança aqui um desafio a todos os seus leitores, Quem será o Candidato??? Aguardamos os vossos emails para politicaehouse@gmail.com.

domingo, junho 12, 2005

LIMITAÇÕES À CONTRATAÇÃO DE PESSOAL PELAS AUTARQUIAS LOCAIS

Pois é ...
Carlos Encarnação não poderá fazer disso uma bandeira eleitoral de corredor .

O Governo de José Sócrates prepara-se para estender as limitações à entrada de pessoal na função pública da Administração Central para a Local também.
Até 2009 as autarquias locais estarão impedidas de contratar, sob a forma de contrato individual de trabalho ou contrato administrativo de provimento, pessoal para os seus quadros.
Ou seja, Carlos Encarnação só poderá continuar no reino das avenças ...

FOI TRISTE...

Ver Sexta Feira ao fim da tarde, Vitor Sarmento o candidato à Câmara Municipal da Figueira da Foz pelo partido Socialista a deambular pelas ruas de Buarcos acompanhado do candidato à Junta de Freguesia de Buarcos e o candidato à junta de Freguesia de São Julião...
Abatidos e tristes, iam apelando para os cidadãos aparecerem na apresentação pública do candidato ( que decorreu Sábado, junto do casino), lá andaram os três pelas ruas de Buarcos distribuindo panfletos, aos turistas que aproveitaram o feriado para irem à praia...pois, turistas que não exercem o seu Direito de voto na Figueira da Foz, mas os panfletos tinham de ser distribuídos...

O Politicaehouse deixa aqui uma dica ao Drº Vitor Sarmento, não é assim que lá vai, o que o povo gosta de ver é um grande aglomerado de pessoas à volta do candidato ( pessoas que acreditam no projecto e acima de tudo acreditam nas pessoas) e não o candidato rodeado dos candidatos (esses são apenas os interessados)...

Drº assim não...

QUEM SERÁ????


Recebido por e-mail de um leitor devidamente identificado:


Ex.mos Senhores e Senhoras
No passado dia 8 de Abril fui surpreendido com algo que não quis acreditar estar a ver, mas vi! E não só vi como fotografei. Pasmem-se pelo desplante, era nem mais nem menos o Dr. Victor Baptista, ex-Governador Civil de Coimbra, Presidente da Federação do PS de Coimbra e candidato anunciado às eleições Autárquicas de Coimbra que, não vislumbrando lugar de estacionamento perto da feira que visitou, na Praçaa da República, não hesitou em estacionar o carro completamente em cima do passeio, mesmo em frente às cantinas onde centenas de alunos da Universidade de Coimbra fazem fila e por onde, passam milhares de pessoas diariamente, não fosse aquela artéria à Rua Oliveira de Matos - uma das mais movimentadas da cidade.
Em países ditos civilizados e democráticos os primeiros a dar o exemplo são aqueles que tem responsabilidades acrescidas, isto é, responsabilidades politicas. Como é que alguém que na qualidade de Governador Civil apreciou milhares de recursos por infracções ao Código da Estrada e é candidato a tutelar a Polícia Municipal se pode dar a tamanho desplante? Este tipo de comportamento choca-me, enquanto cidadão, quem quer que seja o seu protagonista, mas neste caso um pouco mais, porque ostenta um poder que o coloca acima da lei. Será que o Dr. Victor Baptista não sabe que estacionar em cima dos passeios é proibido? Será que não sabe que estacionar em cima dos passeios prejudica a circulação dos peões, em especial as pessoas com dificuldades de deslocação, como idosos, deficientes motores e pessoas com carrinhos de bébé? Será que não sabe que estacionar em cima dos passeios dificulta grandemente a deslocação de pessoas cegas? Será que não sabe que pode obrigar os peões a utilizar a estrada para circular, o que é extremamente perigoso. Em suma, será que não sabe que este tipo de comportamento manifesta uma grande falta de respeito pelos demais cidadãos?
Posted by Hello

quinta-feira, junho 09, 2005

Um Ponto de Vista...

"...O candidato do PS à Câmara de Coimbra anda com uma crise de identidade, uma espécie de esquizofrenia onomástica. O homem chama-se Victor Baptista ou Vitor Batista? Ou é à vontade do freguês? No último boletim que me veio parar ao correio electrónico, o candidato chama-se Vitor Batista. Na Assembleia da República, o deputado chama-se Victor Baptista. Será uma questão estética? Fica melhor, graficamente, sem c nem p nos folhetos? É mais moderno?..."

Disponível em Palavrar...

PRÓXIMAS ESTÃO AS NOMEAÇÕES PARA AS CCDR

Aproxima-se mais um momento alto nas nomeações designadas de confiança política: as nomeações dos presidentes das CCDR e respectivos vice-presidentes.
Se em relação à CCDR-Norte o nome garantido é o do ex-eurodeputado Carlos Lage, na CCDR Centro ainda está tudo no segredo dos Deuses.
O que parece limpo é que as nomeações ocorrerão antes das férias de Verão, ou seja entre finais de Junho e meados de Julho.
Entre os nomes mais fortes para tão cobiçado lugar estão Helena Freitas, João Vasco Ribeiro, Manuel Machado e Luis Marinho.
Apostamos, porém, que o nome mais certo será o primeiro, só faltando o sim da provedora.
Quanto a Manuel Machado, consta que se tornou cooperante do Estado Moçambicano levando empresários portugueses a investir naquele país.
Já Luis Marinho terá sido sondado pelo amigo Guterres para o acompanhar para o ACNUR, com escritório em Geneve. Marinho estará dividido entre tão aliciante tarefa e a sua candidatura à Federação distrital do PS.
Aguardemos então ...

Mais uma derrota para Victor Baptista...

António Ramos nomeado director Regional de Agricultura da Beira Litoral...

Mais uma vez um director regional passa ao lado de Victor Baptista.
António Ramos foi presidente do PS de Soure no mandato de Luís Parreirão, sendo seu particular amigo.
É sabido que Baptista tinha outro nome: Drº Francisco, Eng Agrónomo e quadro na DRABL. Ângela Pinto Correia também estava na corrida, tendo-lhe sido prometido o lugar em troca do seu apoio à candidata derrotada das mulheres socialistas.
Victor Baptista definitivamente com dificuldades em comunicar com os Ministros e Secretários de Estado doGoverno de José Sócrates....

NO OSSO DOS POLÍTICOS

O Conselho de Ministros, na reunião de hoje, que teve lugar na Presidência do Conselho de Ministros, aprovou o diploma seguinte:
Proposta de Lei que altera o regime relativo a pensões e subvenções dos titulares de cargos políticos.
Com esta Proposta de Lei o Governo introduz, fundamentalmente, três alterações no estatuto dos titulares de cargos políticos.
Em primeiro lugar, com esta iniciativa legislativa o Governo pretende acabar definitivamente com as subvenções vitalícias e com o subsídio de reintegração hoje previstos para os titulares de cargos políticos.
No entender do Governo, e tendo em vista uma mais justa repartição dos sacrifícios, a busca de maior equidade na revisão dos actuais regimes de excepção que oneram a despesa pública deve começar, justamente, pelos próprios titulares de cargos políticos.
Assim, e tal como tinha sido anunciado, a partir do dia da entrada em vigor da nova Lei o tempo de exercício de funções políticas deixa de contar para o cálculo do valor da subvenção vitalícia ou do subsídio de integração. Nestes termos, os titulares de cargos políticos que até ao termo dos mandatos em curso preencham os requisitos previstos na lei vigente, apenas terão direito à subvenção ou ao subsídio correspondente ao tempo de exercício de funções decorrido até à entrada em vigor da nova lei agora proposta pelo Governo.
Idêntico princípio será seguido, aliás, para os funcionários públicos que iniciaram funções antes de 1993 e que verão alteradas as regras de cálculo das suas pensões: o valor das pensões reflectirá, proporcionalmente, o tempo de exercício de funções ao abrigo da lei antiga e o tempo de exercício de funções ao abrigo do novo regime. A diferença é que para os políticos o novo regime não prevê nenhum direito em substituição dos agora eliminados, pelo que o tempo de exercício de funções a partir da entrada em vigor da lei não terá nenhuma implicação de acréscimo do valor das pensões ou dos subsídios devidos.
Em segundo lugar, a Proposta de lei do Governo visa também disciplinar e restringir as condições de acumulação pelos autarcas do respectivo vencimento com as remunerações inerentes ao exercício de funções em entidades do sector público empresarial participadas pelo respectivo município. Assim, aqueles autarcas não poderão fazer acrescer à sua remuneração total um montante superior a um terço do valor da sua remuneração base.
Em terceiro lugar, a Proposta do Governo, e também na linha do que já foi anunciado, introduz limites à possibilidade de acumulação pelos titulares de cargos políticos do respectivo vencimento com as prestações a que eventualmente tenham direito na qualidade de aposentados, pensionistas, reformados ou reservistas, independentemente do regime que lhes seja aplicável. Assim, aqueles titulares terão de optar entre um terço do vencimento base ou, em alternativa, um terço da pensão de aposentação, de reforma ou da remuneração na reserva que lhes seja devida.

quarta-feira, junho 08, 2005

IDADE DA REFORMA AOS 65 ANOS EM PLENO SÓ DAQUI A 20 ANOS

O deputado do PS Victor Baptista quer que a passagem da idade da reforma, dos 60 para os 65 anos, na Função Pública, seja ajustada ao longo de 20 anos.Na qualidade de coordenador dos deputados socialistas na comissão de Orçamento e Finanças, na Assembleia da República, cabe a Victor Baptista representar o partido na reunião que vai discutir o novo projecto de lei do governo, referente ao regime de aposentações na Função Pública. “Espero que o projecto baixe à comissão e, então, vou apresentar uma proposta de alterações, por forma a torná-lo mais adequado e razoável”, disse o deputado e líder do PS/Coimbra ao DIÁRIO AS BEIRAS.Assim, Baptista sustenta que o ajustamento das reformas seja feito ao longo de 20 anos – e não de 10, como foi adiantado pelo governo –, “ainda que, para isso, tenha de se nivelar os descontos para a Caixa Geral de Aposentações com o regime geral”. Recorde-se que, actualmente, o desconto para a caixa é de 10 por cento, a que acresce um por cento para a ADSE, enquanto para o regime geral é de 11 por cento – de resto, os funcionários admitidos depois de 1993 já estão integrados neste regime.“Parece-me razoável que o ajustamento seja mais dilatado, a fim de não prejudicar, sobretudo, os funcionários públicos que estão, agora, à beira da reforma”, justificou Victor Baptista. Assim, se for a 20 anos, é possível aumentar um ano na idade da reforma em cada quatro anos, o que “confere maior equilíbrio a esta transição”.

terça-feira, junho 07, 2005

COIMBRA FINALMENTE APROVA PLANO ESTRATÉGICO E DE URBANIZAÇÃO

REBELO LANÇA CONCURSO LIMITADO POR PRÉVIA QUALIFICAÇÃO

Foram recebidas as propostas relativas ao concurso limitado por prévia qualificação para a elaboração do Plano Estratégico e Plano de Urbanização da Cidade de Coimbra, designadamente a 1ª Fase – selecção dos candidatos a apresentar proposta, o júri nomeado para o efeito reuniu em 28/03/05 e 06/04/05 para selecção dos candidatos, pelo que o Executivo deliberou, com base na informação nº 45, de 09/04/05, da Divisão de Planeamento Urbanístico e Projectos Especiais.
Finalmente há alguém que, enquanto uns se limitam a produzir ruido de fundo por incapacidade de fazerem realmente oposição, pensa estrategicamente no futuro de Coimbra e planeia o território.
Desejamos que seja um instrumento de gestão do território pensado e reflectido e não o resultao de uma fúria pré-eleitoral, à semelhança das ideias atabalhoadas, sem nexo, perigosas e ilegais do candidato socialista Vitor Batista. Apenas exempliicamos com a mais populista de todas, mas de uma total irresponsabilidade: passar as reconstruções, ampliações e pequenas obras para as juntas de freguesia. Não se comenta a legalidade por não sermos juristas mas politicamente é de uma irresponsabilidade atroz. Só quem revela total desconhecimento pelas qualificações e hábitos da generalidade das juntas de freguesia pode achar que estes entes e seus titulares são os mais indicados para cuidas e zelar pelo ordenamento do território e pelo bem público que representa a qualidade de vida dos cidadãos.
Aguardemos os resultados ...

BAIXA DE COIMBRA VAI SER COBERTA

Após, em Outubro de 2003, terem concordado que a cobertura das ruas Ferreira Borges e Visconde da Luz ficaria sujeita a referendo local, depois de lançado um concurso e das propostas escolhidas serem sujeitas a apreciação de entidades da cidade ligadas ao Urbanismo e Património, os vereadores do PS e da CDU teceram ontem duras críticas aos projecto e votaram contra o lançamento do concurso.Sem Luís Vilar (ausentou-se da reunião antes da discussão deste ponto da agenda), António Rochette liderou a opinião dos socialistas e foi peremptório: «Se há ponto do vosso programa eleitoral que eu até aplaudo se não se concretizar é este», afirmou o vereador, recordando que há ano e meio atrás, na última discussão sobre este tema, «quatro prestigiados arquitectos do Mundo tinha dito que este projecto não tinha “ponta por onde se lhe pegasse”» e que, portanto, voltar a esta ideia, neste momento, é «uma tentativa de, com o dinheiro dos munícipes, fazer campanha eleitoral»
«Tenham calma, não avancem por aí», parecia avisar Rochette, questionando a maioria sobre a razão pela qual «não fazem o referendo antes do concurso» e, indo mais longe, avisando que só soube do referendo ontem de manhã, «pelos jornais» (ver edição de ontem do Diário de Coimbra). Uma pequena atrapalhação do vereador socialista, uma vez que o pedido de opinião aos cidadãos de Coimbra foi votado (por unanimidade) na primeira reunião de câmara de Outubro de 2003, assim como os “timmings” do processo (primeiro o concurso por prévia qualificação, depois a apreciação das propostas escolhidas por entidades da cidade ligadas ao Urbanismo e Património e só depois o referendo sobre a proposta ganhadora).Atrapalhação que irritou Horácio Pina Prata. «Haja coerência!», afirmou o vice-presidente da autarquia, acusando os socialistas de estarem a fazer «demagogia pura e dura» com este projecto. Rochette, mesmo sem assumir o engano, respondeu, considerando «demagogia» a maioria estar «a lançar um concurso a três meses das eleições, não sabendo quem fica dali para a frente» na Câmara Municipal de Coimbra.

UNIÃO EUROPEIA OLHA PARA PORTUGAL

O comissário europeu para os Assuntos Económicos e Monetários anunciou hoje que a 22 de Junho vai apresentar à Comissão um relatório sobre a situação orçamental de Portugal, que poderá conduzir à abertura de um procedimento por défice excessivo.
Numa conferência de imprensa realizada em Estrasburgo (França), onde decorre a sessão plenária do Parlamento Europeu, Joaquin Almunia manifestou-se convicto de que a Comissão vai adoptar o relatório sobre Portugal na reunião do colégio de comissários de 22 de Junho e avançou que a 20 de Julho poderá adoptar uma recomendação semelhante àquela feita hoje para a Itália.
Hoje mesmo, a Comissão abriu um procedimento por défice excessivo à Itália, em virtude de ter sido ultrapassado, ainda que ligeiramente, o limite de 3% do PIB consagrado no Pacto de Estabilidade e Crescimento.
O comissário voltou a manifestar-se "muito, muito preocupado" com a situação orçamental portuguesa.

segunda-feira, junho 06, 2005

VILAR DE FORA DA LISTA DE VITOR BATISTA. VILAR EM TROCA QUER PRESIDIR À ERSUC

Luis Vilar não foi referido no discurso de Batista na hora dos agradecimentos. Apenas mereceram tamanha distinção Reis Marques, Manuel Antão e Helena Pereira Coelho ( mulher de José Alberto Pereira Coelho ).
Não houve referências a Fausto Correia nem a Luis Vilar.
O facto pode não ter importância alguma, ou pode ter toda a importância.
A ver vamos num futuro próximo !
Certo é que Luis Vilar quer a Presidência da ERSUC onde já esteve o seu camarada Humberto da Conceição, que ainda mantém a pretensão de correr para uma repetição de lugar.
Sempre achamos que o turismo não é o que move Luis Vilar, foi apenas um "tacho" depois do "desemprego".
Mas pergunta-se: Vilar foi trabalhar para uma empresa ligada ao ambiente mal saiu da Câmara de Coimbra, onde, curiosamente, foi vereador do Ambiente. Voltar a um lugar ligado a esse sector de actividade parece-nos, no mínimo, eticamente reprovável.
Achamos que Sócrates também devia incluir medidas no sentido de um político depois de sair de um certo sector público não poder ir trabalhar para o sector privado na mesma área da Administração Pública que tutelou.

CARLOS ENCARNAÇÃO CONTINUA TRANQUILAMENTE A ESCOLHER A SUA LISTA

Fonte próxima a Carlos Encarnação apontou as próximas semanas como referência para se conhecerem alguns dos nomes do elenco de Carlos Encarnação. Uma promessa ficou no ar: Carlos Encarnação surpreenderá muitos com as suas escolhas, sabendo nós que numa equipa que parte na linha da frente e tem um clima de vitória anunciada sobre o seu adversário é natural que as opções de Encarnação sejam muitas.
Aguardaremos os próximos rumores e notícias para saber se se confirma a tal "grande" lista anunciada.
Confirmado parece estar já Lopes Porto como cabeça de lista à Assembleia Municipal.

domingo, junho 05, 2005

JANTAR DE APRESENTAÇÃO DE BATISTA CONTOU COM 1800 PESSOAS, ALGUMAS DO DISTRITO

NEM TUDO O QUE PARECE...É.

Vitor Batista apresentou-se sábado como candidato à Câmara de Coimbra, contando com a presença de cerca de 1800 pessoas. Feita uma observação ao jantar achámos curioso que tenham estado presentes várias dezenas de militantes socialistas do distrito, que, portanto, não votam em Coimbra, como são disso exemplo as gentes de Cantanhede, Góis, Pampilhosa da Serra, Montemor-o-Velho, entre outros.
Mas vamos voltar ao jantar e deixar os números das presenças. Que presenças da sociedade civil encontrámos ?
Que independentes acorreram ao desafio socialista para Coimbra ?
Quem é o mandatário ?
Quem é o candidato à Assembleia Muncipal ?
Bom, quanto a presenças de independentes, encontrámos zero. Quando falamos em zero estamos a referir-nos a presenças de figuras públicas da sociedade civil, não ligadas a qualquer partido mas que se notabilizaram pelo seu trabalho na sociedade. Ora, esses ditos independentes que credibilizam qualquer canddatura estiveram totalmente ausentes, a não ser a Dr.ª Rosa Reis Marques, irmã do psiquiatra Reis Marques, membro do secretariado da federação de Batista e supostamente o n.º 2 da lista concorrente à Câmara de Coimbra. Rosa Reis Marques, não é, porém, uma dessas figuras independentes reconhecidas da sociedade civil.
Onde estavam Vital Moreira, Gomes Canotilho, Rui Alarcão, Reis Torgal e outros que tais. O PS de Batista não conseguiu aproveitar a dinâmica das Novas Fronteiras como não conseguiu atrair as figuras de Coimbra que participaram nas Novas Fronteiras.
Quem é o mandatário ? Não se sabe.
Quem é o candidato à Assembleia Municipal ? Não se sabe.
Rui Alarcão, pela primeira vez na história autarquica socialista, não esteve presente, apesar de, educadamene, ter enviado um cartão.
E figuras nacionais do PS do Largo do Rato, quem esteve? Almeida Santos esteve presente, falando em 2/3 do seu discurso das políticas nacionais e referindo-se a Batista em breves palavras.
Em suma, Vitor Batista terá um combate naturalmenet difícil, mas a avaliar pela forma como correu este jantar de apresentação, estamos cada vez mais convencidos que o PS perdeu uma oportunidade de ouro de ter verdadeiramente um excelente resultado e sonhar com a vitória. Mas para isso teria de ter a capacidade de escolher bem melhor os protagonistas.

sexta-feira, junho 03, 2005

DIRECTOR DOS RECURSOS HUMANOS DA CÂMARA DE COIMBRA NÃO TEM PREPARAÇÃO PARA O LUGAR

O director de departamento dos recursos humanos da Câmara de Coimbra é vereador do PSD na Mealhada e funcionário na Câmara de Soure. Amigo pessoal de Carlos Páscoa, tem tido, talvez por isso, as " costas quentes".
Corre na CMC que vai fazendo o que quer, coloca-se a ele próprio em todos os juris de concursos, mesmo que para umas simples avenças e até está nos concursos de promoção, imeginem, de técnicos superiores assessores. Gostariamos de saber como consegue o Sr. Fernando Silva avaliar licenciados e técnicos superiores quase no topo da carreira, desde juristas a engenheiros tendo ele o 11.º ano ?
Ocupa um lugar para o qual é necessária licenciatura, e Manuel Rebanda não teve qualquer problema em o escolher, apesar de haver vários licenciados na Câmara, com muito mais experiência em recursos humanos e capacidade de liderança, do quadro da CMC.
Não nos parece que de entre os vários possíveis candidatos a directores daquele serviço que o Sr. Fernando Silva seja oq ue apresentou melhor curriculum.
Deve ser a isto que Encarnação chama escolher os melhores...e os problemas nos recursos humanos da CMC têm dado e que têm tido visibilidade pública falam por si.
Claro que Manuel Rebanda também não sai bem. Afinal é o vereador responsável pelo pelouro.

ENCARNAÇÃO E BATISTA ACHAM BEM A ACUMULAÇÃO DE EDUARDO SIMÕES DE SER DIRECTOR MUNICIPAL DE OBRAS E PRESIDENTE DA ACADÉMICA

Na resposta à provocação do “amigo anónimo”, que serve também como aviso à navegação, o “almirante” garante que um dia destes “irá haver uma agradável surpresa, mais cedo do que imaginam”. “Mas esta é a hora de saber esperar e cultivar a virtude da paciência”, refere, porque “se já não é tão certo que Roma não pagasse a traidores, estou seguro que Roma e Pavia não se fizeram num só dia”. Depois, mais a sério, Maló de Abreu reitera a sua discordância relativamente à acumulação de cargos por parte do presidente da Académica/OAF, ressalvando que esta sua posição “não tem nada de pessoal contra José Eduardo Simões”, mas por entender que “à mulher de César não basta ser séria...”. E contra-ataca: “uma posição idêntica à do presidente da Câmara relativamente a JES, e publicamente manifestada durante a campanha eleitoral para a Académica, através do seu próprio exemplo do passado, tem o candidato do PS dr. Victor Baptista!”.

in http://portaavioes.blogspot.com/

VINAGRETAS DO CAMPEÃO: AS NOSSAS ESCOLHAS

Candidatos figueirenses O presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, que não é filiado no PSD, apresentou a sua recandidatura numa sessão que contou com a presença de Marques Mendes, o líder nacional dos social-democratas. O que causou alguma estranheza e algum receio em certos meios foi o facto de Duarte Silva ter estado durante algum tempo em reflexão, para de imediato se decidir pelo sim após o PS ter escolhido o médico Vítor Sarmento como candidato. Poderá ter sido coincidência - se é que elas ainda existem em política - mas será que se os socialistas tivessem feito outra aposta, Duarte Silva iria dedicar-se aos netos?

quinta-feira, junho 02, 2005

TOU XIM...TÁ LÁ....

239 798300QUEM UTILIZA E QUEM PAGA ESTE TELEFONE À PT?- Na página net da Académica, este telefone aparece como sendo da AAC;- No 118.pt, aparece como sendo da TBZ;- no 118.pt, também aparece como sendo da Câmara Municipal de Coimbra.Se há confusão, faça-se um protocolozinho telefónico...

Post retirado de:

in http://portaavioes.blogspot.com/

quarta-feira, junho 01, 2005

PÁSCOA VAI À CAMARA DE SOURE

Militantes do PSD votam candidatura de Carlos PáscoaO nome de Carlos Páscoa vai ser hoje à noite submetido à votação dos militantes do PSD de Soure. Depois de praticamente se ter “desvinculado” de uma candidatura à autarquia, Páscoa acabou por “ceder à pressão” dos sourenses.