segunda-feira, junho 26, 2006

A FRASE.

"A maioria dos dramas está nas ideias que formamos das coisas, grande parte delas originadas pela nossa imaginação e por aquilo que terceiros afirmam sem carácter ciêntífico. "
Honoré de Balzac

Curvamo-nos em silêncio pelo falecimento do Presidente da Região Turismo Centro

José Manuel Alves, 44 anos, ex-deputado, militante do PSD, com carreira feita na Região Turismo do Centro desde os anos 80, morreu Domingo, no IPO de Coimbra.
Actualmente Presidente da Região Turismo do Centro, deixa família, filhos e muitos amigos, vítima de doença prolongada.
A ver vamos como será a sua substituição.

terça-feira, junho 20, 2006

sem comentários ...

SERÁ VERDADE ? DO BLOCO DE ESQUERDA ?

LUIS VILAR ENVIA SMS DE APOIO A VIOLANTE

Anonymous said...
Cara(O) Camarada: A mobilização para a votação na lista "B"e Carla Violante é fundamental. Que nem um só voto se perca. Aceite um abraço amigo do Luís Vilar.
SMS recebido a 14.06.2006 pelas 16:35:09

Só falta dizer que sou PAUlO ANTUNES, arq. e militante do Bloco de Esquerda. 19/6/06 10:44


PS: in jornaleiros

domingo, junho 18, 2006

HÁ QUEM NÃO PRECISE DE DROGAS PARA TER ALUCINAÇÕES


Há pessoas de todos os tipos: com mais ou menos imaginação o que, com conta, peso e medida até pode ser útil e positivo. Treinar a imaginação para a criatividade, aplicando-a na vida profissional pode valer ouro.
O que deixa de ser normal e doentio é a imaginação levada ao extremo. É a invenção, a intriga e a criatividade que sai de algumas cabeças sem qualquer correspondência com a realidade. Isso acontece a quem saiu há muito da órbita da realidade. Para esses só há um caminho: consultas psiquiátricas.

ESTALA A BRONCA NO DEPARTAMENTO DE MULHERES SOCIALISTAS




O Departamento de Mulheres Socialistas não consegue um acto eleitoral tranquilo, desde o nacional ao distrital.

Luis Vilar, sim, pasme-se, foi "apanhado" a sair das Torres do Mondego às 16h55 ( as urnas abriram às 17 h ).
Mas o mais curioso é que só estava uma única pessoa na mesa de voto ( acto realizado em casa de um particular ), Humberto Coelho, depois de Luis Vilar ter saído de dentro dessa casa onde se realizaria o acto eleitoral, dirigindo-se apressadamente para o carro que a Região Turismo lhe confiou, aparentemente para realizar trabalho da Região Turismo.
Quem sabe se Luis Vilar não estava a tentar promover uma importante parceria para promover a praia fluvial das Torres do Mondego ?

O certo é que eram 17 h em ponto e a urna já tinha 14 votos lá dentro.
Mas fenómenos destes houve um pouco por todo o distrito, pelo que o acto eleitoral ameaça ter de ser repetido em muitos locais e em vários concelhos.
O que não sabíamos é que Luis Vilar se prestasse a certos papéis. Sinais..da decadência!

E esta eim ?

quarta-feira, junho 14, 2006

HORÁCIO ANTUNES NO DEBATE SOBRE A CO-INCINERAÇÃO, HOJE, NO PARLAMENTO.


Horácio Antunes, deputado eleito pelo circulo eleitoral de Coimbra, fez hoje algumas perguntas ao ex-Secretário de Estado do Ambiente, do PSD, José Eduardo Martins, sobre a Co-Incineração e sobre os CIRVER.
Horácio Antunes perguntou a este ex-membro do governo do PSD se sabia que a Co-incineração é usada em 56 países da Europa.


Quererá Horácio Antunes preparar o povo para a sua mudança de opinião e preparar-nos a todos para passar a defender a Co-Incineração como sendo o melhor dos sistema de tratamento e eliminação de resíduos industriais perigosos ?

É PRECISO TER LATA! GOSTARIA DE SABER SE HORÁRIO ANTUNES PRETENDE VOLTAR A SER ELEITO PELO POVO DE COIMBRA NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES LEGISLATIVAS DEPOIS DE DEMONSTRAR QUE O QUE SE PROMETE E O QUE DSE DEFENDE NO PASSADO PODE SER MUDADO NA MAIOR DAS VELOCIDADES!

PARA QUE SERVEM OS GOVERNOS CIVIS SABENDO QUE SÓ EM REMUNERAÇÕES TÊM O RESULTADO QUE A NOTÍCIA DESCREVE?

QUE PAPEL REAL TÊM OS GOVERNOS CIVIL NUM TEMPO DE PROFUNDAS REESTRUTURAÇÕES NO APARELHO DO ESTADO ?
  • LISBOA - MARIA ROCHA- 56 Anos- Funcionária Pública - Militante do PS - RENDIMENTO ANUAL em 2005: desconhecido - 2004: 71 791 euros;
  • PORTO - MARIA ISABEL NETO- 46 Anos- Advogada- Militante do PS - RENDIMENTO ANUAL: 2005: 55 936 EUROS - 2004: 16 924 EUROS
  • LEIRIA - JOSÉ MEDEIROS- 45 Anos- Professor- Militante do PS- RENDIMENTO ANUAL:2005: 49 780 EUROS - 2004: 69 734 EUROS
  • COIMBRA - HENRIQUE FERNANDES- 58 Anos- Professor - Militante do PS - RENDIMENTO ANUAL: 2005: 69 870 EUROS - 2004: 64 445 EUROS
  • SANTARÉM - PAULO FONSECA- 42 Anos- Enfermeiro- Militante do PS - RENDIMENTO ANUAL.2005: desconhecido - 2004: 18 000 EUROS
  • PORTALEGRE - JAIME ESTORNINHO- 65 Anos- Pensionista- Militante do PS- RENDIMENTO ANUAL:2005: DESCONHECIDO - 2004: 72 952 EUROS
  • AVEIRO - CARLOS BRANDÃO- 37 Anos- Advogado - Militante do PS - RENDIMENTO ANUAL:2005: DESCONHECIDO - 2004: 13 490 EUROS
  • GUARDA - MARIA BORGES- 58 Anos- Professora- Militante do PS - RENDIMENTO ANUAL:2005: 104 306 EUROS - 2003: 94 418 EUROS
  • ÉVORA - FERNANDA RAMOS- 55 Anos- Pensionista- Militante do PS - RENDIMENTO ANUAL:2005: 101 959 EUROS - 2004: 78 759 EUROS

    Para alguns Governadores Civis a simples circunstância de o ser permitiu uma triplicação das respectivas remunerações, para outros apenas de alguns milhares de euros anuais, mas o que se questiona é para que servem se cada ano que passa perdem competências e se assumem cada vez mais como "corta fitas". Diríamos que são corta fitas muito bem remunerados, já para não falar do restante gabinete de apoio!


GOVERNADORES CIVIS NÃO ENTREGAM DECLARAÇÃO AO TC

in http://www.correiomanha.pt/

Quinze governadores civis dos 18 distritos não entregaram a declaração de rendimentos de 2005 no Tribunal Constitucional (TC). Apesar de a Lei obrigar à actualização do documento, só as governadoras de Castelo Branco, Maria Serrasqueiro, e da Guarda, Maria Borges, cumpriram a legislação. Em Évora, Fernanda Carvalho, por ter assumido funções em Outubro último, terá até ao final deste ano para entregar a declaração.
A maioria dos faltosos justifica a falta com a ignorância da Lei. (GRAVE)

Maria Serrasqueiro, casada com o actual secretário de Estado do Comércio, Serviços e Defesa do Consumidor, Fernando Serrasqueiro, declarou ter recebido 43 517 euros em 2005. Face a 2001, data do último documento entregue no TC, perdeu 9735 euros brutos anuais.

Em Lisboa e no Porto, dois principais distritos do País, as governadoras não entregaram declarações. Maria Adelaide Rocha, na capital, auferiu perto de 72 mil euros em 2004, mas não actualizou os valores de 2005.
Na cidade Invicta, Isabel Oneto disse já ter enviado a última declaração. No ano passado recebeu 55 936 euros, mais 39 mil do que em 2004.

José Medeiros, governador de Leiria
, que há dois anos recebeu 69 734 euros, disse ter ganho em 2005 "o salário e os subsídios de férias e Natal correspondente a quatro meses de deputado e de sete meses e 26 dias de governador civil".
O valor anual rondará 70 mil euros.
António Martinho, de Vila Real, admitiu que só recentemente foi alertado para os prazos e esclareceu ter ganho 52 409 euros, em 2005.

Quanto aos governadores civis de Faro, António Pina, Coimbra, Henrique Fernandes, Beja, Manuel Monge, e Viana do Castelo, José Guerreiro, alegaram desconhecimento da Lei para não terem entregue a declaração de rendimentos de 2005.

A FRASE LETAL.


O QUE DIRÁ O PSD ?

" DEIXEMOS A MINISTRA DA EDUCAÇÃO ACTUAR COM A EXPERIÊNCIA E AS COMPETÊNCIAS QUE TEM PARA VER SE AUMENTA A QUALIDADE NO NOSSO SISTEMA EDUCATIVO..."

E esta eim ?

quinta-feira, junho 08, 2006

Vendidos ao tabaco...

A alteração ao anteprojecto da lei do tabaco é um farsa!

E se é uma farsa porquê aprová-la?

Porque afinal o tabaco não faz mal à saúde de todos!

A excepção, como todos sabemos mas parece que às vezes nos esquecemos, é a saúde das contas públicas!

E só assim se entende este anteprojecto de lei e algumas das soluções brilhantes que o Estado encontrou para nos “obrigar” a deixar de fumar!

A solução prodigiosa passa por proibir o tabaco nos restaurantes e colocar algumas fotografias de gosto duvidoso nos maços de tabaco...

Ora, se o tabaco mata e o governo, através desta lei, tem (terá?) intenção de diminuir o número de fumadores no País, com especial incidência nos jovens que ainda não começaram, porque razão não cria condições para que, de uma forma eficaz, isso aconteça?

Subindo, por exemplo, o preço do tabaco de uma forma obscena, ou simplesmente proibindo-o?

Não!! Se se cometesse essa loucura as pessoas podiam pensar que alguém queria que elas deixassem mesmo de fumar!! E afinal não é isso que se pretende...Pois caso isso acontecesse os cofres do Estados ficariam debilitados!

Assim, limitamo-nos a proibir as pessoas de fumar nos restaurantes! O que, na prática, só vai prejudicar os restaurantes, que terão que fazer obras para criar uma zona de não fumadores.

E colocamos fotos repugnantes nos maços de tabacos! Fotos a que, mais tarde ou mais cedo, todos nos habituaremos. Até os que não fumam!

Qualquer dia, quando estas fotos - a que nos habituaremos com a mesma facilidade dos avisos de morte - não tiverem qualquer efeito sobre nós, teremos que colocar um pedaço de pulmão “queimado” pendurado no maço de tabaco para fazer o povo acreditar que estamos muito empenhados nesta luta anti-tabágica!

O pior é que estas imagens não terão, também, qualquer efeito sobre as crianças que crescem a olhar para elas! Porque quando chegarem à idade de fumar o efeito dissuasor que se pensava que teriam diluiu-se!

Há ainda um outro pormenor que faz sobressair a preocupação económica do Estado na elaboração desta lei. É que, afinal, ao contrário do que estava previsto inicialmente, não se vai proibir as máquinas de venda automática!

Porquê, pergunta o cidadão distraído, se essa é a principal forma de os menores adquirirem tabaco sem qualquer tipo de controlo?!

Resposta do Governo: porque isso poderia causar «graves danos económicos para o sector» - entenda-se para as finanças do Estado!!!!

É pena, mas ao Governo importam mais as finanças públicas que a nossa saúde....Se calhar o princípio é o mesmo que faz com que eu não me possa atrasar um dia no pagamento dos meus impostos, mas o estado me possa deixar 1 ano à espera de uma operação....

Há ainda um pormenor altamente repugnante em tudo isto: "Embalagens de produtos do tabaco, como cigarrilhas e charutos, não terão de adoptar uma advertência visual!"

Porquê?

Alguém me sabe dizer o que fuma 90% dos nossos políticos.......??

quarta-feira, junho 07, 2006

Uma pequena história...



Dois leões fugiram do Jardim Zoológico.
Na hora da fuga, cada um tomou um rumo diferente, para despistar os perseguidores.
Um dos leões foi para as matas e outro foi para o centro da cidade.
Procuraram os leões por todo o lado, mas ninguém os encontrou. Tinham-se sumido.
Depois de uma semana, para surpresa geral, o leão que voltou foi justamente o que fugira para as matas.
Voltou magro, faminto e alquebrado. Foi preciso pedir a um deputado que arranjasse vaga no Jardim Zoológico outra vez, porque ninguém via vantagem em reintegrar um leão tão carcomido. Assim, o leão foi reconduzido à sua jaula.
Passaram-se oito meses e ninguém mais se lembrou do leão que fugira para o centro da cidade, quando um dia, o bicho foi recapturado. E voltou para o Jardim Zoológico gordo, sadio, a vender saúde.
Mal ficaram juntos de novo, o leão que fugira para a floresta perguntou ao colega:
"-Como é que conseguiste ficar na cidade esse tempo todo e ainda voltar com essa saúde? Eu, que fugi para a mata, tive que pedir clemência, porque quase não encontrava o que comer... Como é que... vá, como foi?"
O outro leão então explicou:
"-Enchi-me de coragem e fui esconder-me numa repartição pública. Cada dia comia um funcionário e ninguém dava por falta dele."
"-E por que voltaste então para cá? Tinham acabado os funcionários?"
"-Nada disso. Funcionário público é coisa que nunca acaba. É que eu cometi um erro gravíssimo. Tinha comido o director geral, um director de serviços, um chefe de divisão, um chefe de repartição, um chefe de secção, funcionários diversos, e ninguém deu por falta deles! Mas, no dia em que eu comi o que servia o cafezinho... apanharam-me...!"

O SOL UMAS VEZES ILUMINA OUTRAS NÃO...


REFLEXÃO DO DIA

Há quem pense que o Sol ilumina sempre os mesmos.
Mas não é assim.
Quando menos se espera...
Regra geral o Sol faz parte da estratégia do Universo de iluminar lentamente quem trabalha e iluminar às vezes quem não trabalha na tentativa de os recuperar para o trabalho em comunidade.


Mas mais cedo ou mais tarde o Sol acaba por ir deixando de dar tanta luz aos que preferem a gostosa sombra de uma "bela" árvore de folhas largas...
É que a função do Universo não é ser lógico e compreensível ao comum dos mortais. É, antes pelo contrário, desempenhar a sua função de conduzir o Universo à espiritualidade e perfeição e esse caminho é longo, muito longo, com curvas sinuosas que nos podem fazer crer precisamente o contrário.
Mas não é assim.
Quem trabalha e se esforça tem mais cedo ou mais tarde a sua recompensa.

terça-feira, junho 06, 2006

E NÓS A PAGAR ...








Sabiam que a Camara Municipal de Coimbra se preparava para comprar a Universidade Vasco da Gama, por 5 milhões de euros (1 milhão de contos)?

E sabiam que a Assembleia Municipal chumbou este negócio chorudo para os sócios da dita Universidade que se encontra a beira da falência, por erros de gestão e de prospectiva desses mesmos sócios ?

E já agora sabem quem são os distintos sócios desta "Universidade", transformada em cursos de formação do Instituto de Emprego e Formação Profissional ?

E nós todos a pagar a factura......
Valha-nos alguém de bom senso que, na Assembleia Municipal, levou a maioria a votar contra ......

E esta heim ? Comente...