quarta-feira, dezembro 13, 2006

EX-MINISTRO DA ECONOMIA DO GOVERNO DE DURÃO BARROSO NOMEIA SECRETÁRIA PESSOAL A GANHAR CERCA DE € 7100/MÊS.

No XV Governo Constitucional, o Ministro da Economia, era Primeiro-Ministro Durão Barroso, nomeia para sua secretária pessoal uma funcionária do Fundo de Pensões do Banco Totta & Açores, com o 9.º ano de escolaridade, atribuindo-lhe a remuneração mensal de de € 7.181 ( € 61000/ano ).

E esta eim ?

vide Despacho no Diário da República

7 comentários:

Anónimo disse...

eu só me admiro é como ainda há gente que vota nesta ....nem consigo ajectivar,
Mas o que se vê?
....os mesmos de sempre a defenderem-se uns aos outros...

E porquê?

Eu vi a luz disse...

Não fora todos estes "livre arbitrios" desde Abril, certamente que não haveria necessidade de continuarmos com esta iniquidade como tratamos tantos Portugueses.

Para uns tudo várias remunerações em empresas acumuladas com reformas e outras mordomias.
Para outros ordenados de miséria reformas de miseria e desemprego.

Será que isto não nos deveria envergonhar?

Camisa Azul disse...

É uma vergonha, ou a secretária tinha muitas “competências”.

Anónimo disse...

O MINISTRO NÃO ERA O CARLOS TAVARES ??

Anónimo disse...

PÊ PÊ DOCAS SÃO ASSIM....

Anónimo disse...

A senhora tem de trabalhar muito e bem...para justificar semelhante vencimento, tem de ser muito boaaaaaaaa funcionária.

Anónimo disse...

E do Miraldo ninguém fala?