segunda-feira, outubro 23, 2006

GRANDE COMBATE AVIZINHA-SE EM COIMBRA: SANTANA VS FAUSTO


16 comentários:

Anónimo disse...

Qual dos dois é melhor, o come e dorme do PS nunca o vi fazer nada é xuxalista do PS.
O vaidoso só fez trampa na Figueira e por onde passa e depois dá à sola.

Anónimo disse...

De um ao outro está assinada a sentença de morte a Coimbra.
Não posso deixar de concluir que é de propósito!

zézé dos anzois disse...

Estes nomes já são mais provaveis, apesar de achar que o primeiro é mais credivel ser que o segundo.Quanto à questão de serem os ideais, bom, aí já acho que qualquer um deles será catastrófico para Coimbra. Nenhum deles é o que acidade precisa. O primeiro não tem rasgo estratégico e fará uma gestão para agradar a quem tiver de agradar para a reeleição. O segundo gastará por conta dos próximos presidentes de câmara pois o importante é fazer e os outros que venham a seguir que se fo--m.

Anónimo disse...

coimbra não tem dinheiro para aventuras,agora precisa é de um bom tesoureiro.

Anónimo disse...

Se forem estes é a prova definitiva do provincianismo em que Coimbra se transformou: serve de estratégia para que Fausto se relance na vida política activa. Serve a Santana para provar que não morreu para todo o sempre.
Porém, nem um nem o outro são presidentes para fazer crescer Coimbra. O Primeiro servir-se-á dela como fez com o seu partido para continuar a "mamar". O segundo servir-se-á dela com mais garra ainda para provar que ganha eleições e que foram muito injustos quando deitaram abaixo o seu Governo

Almeida disse...

Para varrer Coimbra de tachistas e incompetentes: JOÃO SILVA !

Anónimo disse...

Se, qualquer deles, tiver um pingo de vergonha na cara, desistiria de ser candidato a candidato.
Acabaram-se as cheias do Mondego, mas "Basófias" é coisa de que Coimbra não se livra.
Ergue-te Coimbra, liberta-te do lamaçal que querem fazer do teu chão.
Raça de "cromos" que passam uma vida ecarrapitados nos (seus) partidos, alimentando vaidades pessoas atoladas em interesees particulares.
Por favor, deixem Coimbra em paz!

Um conimbricense.

Anónimo disse...

Ora bolas!
Então esta Coimbra não merecerá mais que estes dois "cromos" declarados candidatos a candidatos?
Acordem cidadãos: eles são "gémeos" em peneiras, incompetência, vaidade e interesses particulares.
Ambos gostam de casinos, boa mesa e bons copos, mas poucas vezes pagam a conta.
Coimbra não pode ser o caixote do lixo para as frustações políticas de quem passa a vida a manobrar cordelinhos de promíscua interesseirice.
Por favor, mantenham-se "equidistantes..."

Um Conimbricense.

Anónimo disse...

eu tambem voto no J.Silva,pelo menos foge ao centrão em que nos querem meter, ou melhor, a continuar a manter.

è preciso espalhar a verdade

PENETRA OCASIONAL disse...

olha de facto já ouvi esse nome - JOÃO SILVA - e com bastantes referências

quem souber algo sobre a pessoa, informem-me pf

Anónimo disse...

Tribunal de Contas.

Ana Bárbara disse...

OHHH nãoooo... outra vez os mesmos de sempre que estiveram em todos os momentos e construiram o presente e são por ele responsáveis, sobretudo são co-responsáveis por aqueli em que se transformaram os seus respectivos partidos na região.
Poupem-nos de novo!
Jovens é que o futuro exige.

Anónimo disse...

não está o postador acima por acaso a falar do Alexandre Leitão ? É de súbito parece-me que este blog o quer promover!

gustavo disse...

santana? mas vocês são tolos, ou quê? um gajo que foi presidente da camara de LISBOA e primeiro ministro, rebaixa-se a ser candidato de um vilarejo como coimbra?
tenham juizo

Anónimo disse...

O Dr. Santana é um cromo que Coimbra não aceitará nunca. É um doente do foro psiquiátrico, incurável embora não agressivo. O Dr. Fausto é também um cromo que poderá ser interessante se, préviamente, se libertar de um conjunto de arguidos e candidatos a arguidos. Não basta matar um deles utilizando para tal o "Lampeão". É necessário que,publicamente rompa com todos aqueles bem conhecidos meliantes políticos que, de há alguns anos a esta parate, o rodeiam.

Anónimo disse...

Ó cromo, de borla ? Nem penses.