terça-feira, fevereiro 07, 2006

MEMÓRIA E VISTA CURTA.


" ...Não existe vento favorável para o marinheiro que não sabe onde quer ir ..."
Sêneca
Definitivamente começo a achar que os socialistas, militantes, não sabem verdadeiramente onde querem ir e têm muitas dúvidas sobre o que é o interesse colectivo.
Também começo a concordar com o meu colega administrador Politicae quando diz que os partidos não se salvam, até poque acho que verdadeiramente não se querem salvar, logo cada vez menos poderão almejar obter da comunidade os votos de confiança que obtiveram no passado.
Às vezes pergunto-me o que os militantes do PS pensam na hora de escolher os seus dirigentes ? Onde querem ir ?
No passado, pensavam seguramente nos que melhores condições tinham para construir o futuro e para isso contava o crédito, a confiança, a credibilidade, a competência que tinham junto das pessoas, na comunidade. Pesava o curriculum, o prestígio social, a experiência, a capacidade, enfim.
E hoje? No que pensam os militantes do PS quando escolhem os seus dirigentes? Definitivamente os seus critérios mudaram.
Hoje os seus critérios são:
1. Ver para onde cai a onda vencedora, para aderir;
2. Ver qual dos dirigentes mais facilmente lhe pode valer, em termos pessoais.
Esquecem-se que mesmo para esses dirigentes para valerem a alguém em termos pessoais é suposto que tenham crédito junto dos dirigentes nacionais e na comunidade. Ao nível local, para que possam vencer eleições, é suposto que a sociedade civil neles confie.
DEFINITIVAMENTE OS SOCIALISTAS TEIMAM EM ERRAR. TEIMAM EM COMETER OS MESMOS ERROS. ARREPENDEM-SE MOMENTANEAMENTE, MAS DEPOIS VOLTAM AO MESMO PECADO.
OS MILITANTES TÊM, PORTANTO, O QUE MERECEM E NEM VALE A PENA, DEPOIS, QUEIXAREM-SE, POIS A RESPONSABILIDADE É SUA E SÓ SUA.
O Politicaehouse aconselha os, cada vez menos, socialistas militantes merecedores da confiança da sociedade civil, depositários da já pouca confiança da comunidade, a desistirem deste novo PS, pelo menos em alguns distritos.
Não vale a pena. É de facto inútil. A mediocridade gosta da mediocridade.
Os interesses são fortes e aparentemente inabaláveis.
Há outros espaços de reflexão. Aliás, nos partidos não há já, há muito, reflexão.
Um partido fraco não vence eleições.
Por último, quem decidiu sobre os candidatos às últimas eleições autárquicas ? E quem, em cada concelho, ajudou ?

6 comentários:

miguel oliveira disse...

essa é que essa!

O PS está a passar pelas amarguras que o PSD passou durante 16 anos. mas nesse tempo era dificil bater o Machado, o Fausto e o Vilar.

Agora o Machado reformou-se e o Fauto, Vilar e Companhia andam interessados no PS apenas para servirem os seus interesses/negócios.

Agora percebo porque é que Baptistas, Faustos e Castanheiras, entre outros não gostavam do Machado: Machado não dava trela aos negócios destes senhores. (ao contrário do actual PR da CMCoimbra)

Por isto não vale a pena ser socialista de cartão. e assim foi!

Apesar de considerar que no PS ainda continuam bons e competentes camaradas.

Anónimo disse...

Casranheira não é perfeito mas é o melhor candidato ao PS? O anónimo de cima só pode ter vista curta. Castanheira é o grande, senão unico, responsável pelo estado miserável em que a JS está. Teve uma grande equipa? Equipa que na maioria depois traiu pois o pedro de penacova não fez um caralho no secretariado do castanheira e as opiniões, textos e outras cenas a que o anónimo se refere que fizeram a opinião da JS nessa altura tinham dois ou três rostos e o castanheira depois cuspiu nesse prato.
O Castanheira por exemplo esteve na figueira na convenção de apoio ao João Portugal no último fim de semana. O erros de Castanheira repetem-se e repetem-se vezes sem conta e são sempre os mesmos: escolhe o piorzinho para ficar na memória como o melhor presidente da JS. Mas não foi. O que ele fez deve-o a algumas pessoas da sua equipa que fizeram todo o trabalho para depois ele as trair.

10:59 AM


Anonymous said...
Ainda tenhoa dizer que Valério é o melhor candidato que a JS podia ter, mesmo com as suas próprias incoerencias mas tal como no PS os militantes escolhem sempre o piorzito.

Anónimo disse...

somos todos burros é o que o amigo está a dizer?

Anónimo disse...

Não. O que quero dizer é que são todos pessoas fracas, dpendentes directa ou indirectamente de pequenos ou grandes favores ou a sonhar que um dia esse politicozinhos lhe possam valer.
Não são burros, pertencem è a uma cadeia de interesses que impede de colocarem o interesse global do partido em primeiro lugar.
Ninguém com um mínimo de testa pode achar que o PS de Coimbra está bem serviço.

Anónimo disse...

Ninguém pode achar conscientemente que a sociedade civil é que está errada e estes dirigentes é que são os craques.
O povo disse em 2005 o que pensa de baptista e o que pensa é isto:
vale menos, merece menos confiança que machado no seu pior.
ENTENDAM ISTO.

Anónimo disse...

NUNCA COM O BATISTA A PRESIDENTE O POVO DARÁ CONFIANÇA PARA UM LUGAR PÚBLICO.
SE ESPERAM OS VARIOS POSTADORES DOPS BLOGUES DEFENSORES DE BAPTISTA QUE UM DIA, POR CANSAÇO BATISTA SEJA PRESIDENTE DA CAMARA DE COIMBRA, DESENGANEM-SE. NÃO SERÁ. O POVO NÃO VOTARÁ NUNCA NELE, NO VILAR. ACORDEM PÁ. ACORDEM. NEM OS SOCIALISTAS VOTAM NELES PARA LUGARES PÚBLICOS, ALIÁS, NEM O SÓCRATES QUE BATISTA TANTO DEFENDEU O QUIS PARA NADA. NEM PARA A MERDA DE UM INSTITUTO.