segunda-feira, outubro 08, 2007

CORREIO DA MANHÃ DE SEGUNDA-FEIRA, DIA 8 DE OUTUBRO

OS CASOS DE ABUSO DE PODER



PLANO

Os crimes de abuso de poder de que Vilar é acusado estão relacionados com a sua intervenção enquanto vereador na aprovação de um plano de pormenor para a quinta de S. Jorge de Milreu.

TERRENO

O objectivo era dedicar 20 mil m2 do terreno da quinta para habitação. À data da votação, Vilar era presidente do conselho fiscal da associação que tinha o alvará da Escola Vasco da Gama.

ASSOCIAÇÃO

Um ano depois, o dirigente socialista, Luís Vilar, era presidente da referida associação e esta passou de um organismo com objectivos não lucrativos para uma sociedade comercial.

http://www.correiomanha.pt

9 comentários:

Anónimo disse...

Na mesma acusação são imputados a Vilar mais quatro crimes, sendo três de abuso de poder e um de tráfico de influências. O MP e a PJ de Coimbra apuraram que Vilar declarou às Finanças rendimentos de 235 mil euros entre 2001 e 2005, mas no mesmo período construiu um património financeiro de mais de 675 mil euros. “Só através do recurso a valores de origem diferente da do salário, que lhe era pago enquanto autarca, e de uma pensão conseguiu adquirir a título oneroso determinado património e vantagens patrimoniais”, assinala a acusação.

IN CORREIO DA MANHÃ TB

COMO? disse...

Como é possível o PS deixar que este senhor, por muito que se presuma inocente até ao julgamento, se sente semanelmente na bancada do PS na vereação de Coimbra?
É VERGONHOSO!Os homens públicos têm um dever éticoe moral acima de qualquer cidadão. São muito mais escrutinados e sabem-no. Foram eles que escolherem ser figuras públicas. É evidente que têm por isso um imperativo ético bem mais exigente que o comum dos cidadãos.
Mesmo que não se venha a provar a sua culpa, até lá, devia ter tido a decência de sair da Câmara.
Percebe-se, pois, que não o fazendo é porque p+recisa desse poiso para as suas influências. O PS deixar que isto permaneça é um escandalo nacional.

Anónimo disse...

VERGONHOSO é o que se está aqui a fazer! No próximo post vão analisar o quê?! Palavra a palavra? Sílaba a sílaba? Para fazer render a coisa ao limite?
Deixem que a justiça actue se for caso disso, deixem que os militantes e dirigentes do PS decidam nos lugares próprios.
Esta campanha de difamação, uma vez mais pautada pelo anonimato cobarde, é vergonhosa.

Anónimo disse...

vergonhoso porquê?
por acaso foi dito algo a mais que não foi escrito nos jornais? Mas tem algum problema em se discutir o problema ou para si é normal alguém ser acusado destes crimes e continuar a agir como se nada fosse com ele? Isso sim é vergonhoso

Anónimo disse...

Campanha de difamação? Mas o caro postador tem noção do que disse? Queme stá a difamar quem? ó amigo este blogue limitou-se a publicar o que saiu em jornais e o que saiu em jornais não é difamador porque se estriba nas peças do processo que legitimamente os jornalistas tiveram acesso.

Anónimo disse...

Difamação, dá vontade de rir...tudo o que se dito aqui, é público.

Desta vez a justiça vai funcionar porque Luís Vilar é um político menor.

Anónimo disse...

O anónimo "vergonhoso" diz que o anonimato é vergonhoso.

Seria como um caranguejo que dissesse que era vergonhoso andar para trás.

Anónimo disse...

O anónimo "vergonhoso" diz que o anonimato é vergonhoso.

Seria como um caranguejo que dissesse que era vergonhoso andar para trás.

Anónimo disse...

Diria um escroque: