quinta-feira, fevereiro 08, 2007

IN CAMPEÃO DAS PROVÍNCIAS


Pragabarques...
As polémicas envolvendo a firma Bragaparques começaram com a suspeita de que o empresário Domingos Névoa terá manifestado a disposição de dar 200.000 euros ao vereador José Sá Fernandes (Câmara de Lisboa) para ele deixar de questionar uma permuta de terrenos.
Domingos Névoa também foi constituído arguido em Coimbra. O advérbio (também) tem duplo alcance neste contexto. Significa, por um lado, que Luís Vilar, dirigente do PS e amigo do empresário, já tinha sido constituído arguido e, por outro, que Névoa é arguido em inquéritos a correr em Coimbra e na capital. Pela amplitude da coisa, parece ter caído uma praga sobre a firma de Braga; a ponto de já fazer sentido falar da Pragabarques...

Não há duas sem três...
Em declarações ao Diário de Coimbra, Luís Vilar estranhou que ainda não tenha sido passado a «pente fino» um negócio da Bragaparques em Almada, cuja Câmara Municipal é da CDU.
O que também é de estranhar, por outro lado, é o facto de o presidente da Comissão Concelhia do PS/Coimbra se ter escusado a confirmar a sua condição de arguido, sendo que ele suspendeu o mandato de vereador há nove meses por causa disso. Ainda assim, o dirigente socialista admite “repensar a intenção de não ocupar qualquer autárquico”. Será que, em coerência com o mesmo princípio, Luís Vilar também vai suspender o mandato de vogal da Comissão Executiva da Região de Turismo do Centro? E, como não há duas sem três, Vilar também acabará por suspender o exercício do cargo de líder local do PS/Coimbra? Apesar de ele desfrutar da presunção de inocência, “a democracia é incompatível com um estado de suspeição”, como lembrou o director do Diário de Notícias, em recente editorial.

26 comentários:

Anónimo disse...

Caro Politicae,

Não vale a pena ficarem tão irritados com a ironia do meu post de ontem, quanto ao alegado deslumbramento de um vosso administrador com o Brasil!
O que eu quis sublinhar foi, sobretudo,o atraso com que ele chegou à conclusão sobre o potencial e a atractividade para o investimento estrangeiro dos países " BRIC " ( Brasil,India e China ).Este dado, que é ensinado no INSEAD há mais de 10 anos,torna tão provinciana a descoberta do vosso administrador,quanto tardia e igualmente provinciana a recente vertigem da nossa diplomacia económica em relação à China e à India.
Finalmente,não vos ficava mal um pouco mais de fairplay na reacção às opinões daqueles que visitam, de forma construtiva, este vosso espaço de debate...

Anónimo disse...

O "De Borla" é no Retail Parque de Taveiro.

Anónimo disse...

Discordo que as três pessoas com responsabilidades na CMC e visadas na praça pública (a saber: machado, j silva e vilar) devem ser julgadas em praça pública. Qualquer pessoa é inocente até prova em contrário. Relembre-se Paulo Pedroso.

Anónimo disse...

Veremos se Luís Vilar, larga o osso e volta à sua condição de Zé ninguém...porca política.

Anónimo disse...

Reflexões

Não estaria na altura do Sr. Vilar descansar um pouco?

O da pessoa inocente até prova em contrário não estará já um pouco usado?

:::

Politicae disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

De Borla é no Retail Parque de Taveiro.
Ó Luís Marinho e acólitos vão-se catar e ---

Anónimo disse...

Calma Vilar..... não te excites. Guarda a excitação para outros(as).

Anónimo disse...

isto não são "eleições" ??? na palheira......

Anónimo disse...

Nem almoços na Toca do Velhaco. Este rapaz não parece, mas é um tótó.

Anónimo disse...

É tão imbecil que pode ter estoirado com os concursos de pessoal da RTC ao assinar o anuncio para publicação em DR intitulando-se vice-presidente da RTC, cargo que não existe. E nós por cá temos que aturar este m....

Anónimo disse...

Amigo das 12:58 AM :

Estais a olhar mas não vedes nada! Sois uns inbecis.

Anónimo disse...

Permita-me comentador das 11:58 PM que deve trabalhar na RTC para saber tanto, mas dizia, permita-se dizer que isso não me espanta. Trabalhei numa ou noutra ocasião com essa personagem enquanto vereador na CMC. É típico de sua pequenez. Os títulos sempre foram tudo para ele, sobretudo porque nunca conquistou nenhum efectivamente e bem lá no fundo nota-se a frustração.
Também sei a quantidades de cartas que chagavam com o título académico de Dr. sem que nunca fosse feita qualquer correcção. O senhor não é doutor ponto final, como não é Vice-Presidente de porra nenhuma.

Anónimo disse...

Caro Anónimo das 4:56 PM,

Quando estes coimbrinhas se deixam das manias dos rótulos dos drs como se isso tivesse realmente alguma importância? Então alguém é menos competente por não ter licenciatura completa? Manuel Alegre também não a possui e é um excelente escritor e um socialista de referência que tive a honra de apoiar...

Anónimo disse...

Caro anónimo das 5:59PM:

Caríssimo leia bem a posta que o antecedeu e talvez compreenda que a sua intervenção está impregnada de complexos. Senão veja: o que o anterior comentador disse é que o sr. Luis Vilar deixava que o tratassem por doutor e inventava títulos que nunca teve porque no fundo tem complexos de inferioridade. O que é criticável não é quem não é doutor e desempenha funções relevantes. Realmente conheço algumas pessoas muito competentes que não têm título académico. O que não permitem é que outros, por ignorância, lhes atribuam esses títulos. Quem não tem complexos corrige os enganados e assume a não titularidade desses títulos.Não é por isso que perde o respeito, consideração e respito profissional devido.
Por fim, Manuel Alegre não tem título académico mas passou a vida inteira a ler e a estudar. O que, convenhamos, não é, nem de perto nem de longe o caso do sr. Luis Vilar!

Anónimo disse...

Se pensarmos bem o Sr. Luís Vilar, durante o periodo que foi vereador deixou obra feita. Por outro lado vocês aqui alimentam-se quase que exclusivamente dele.
Podemos estar perante um facto insólito que o poderá ajudar se nada acontecer.
Como se explicará à população que vota que, naturalmente,a grande maioria não lê jornais, quanto mais blogs, este Sr. Vilar não é um bom candidato. Ainda por cima pode vitimizar-se.

Anónimo disse...

Melhor que o Vilar só o acólito do Joao Silva... O Qualidadezinha! (vulgo, miguelito das oliveiras)

Anónimo disse...

OBRA FEITA? ONDE? ESTARÀ POR ACASO A FALAR DAS VASSOURAS MECANICAS?

Anónimo disse...

safa .....nem mais um voto seja em que eleição for....

Anónimo disse...

Deixem o Dr. Miguel Oliveira em PAZ. Está longe da merda em que se tornou o PS. Longe vão os tempos do PS com capacidade de atrair novos quadros. Agora atrai oportunistas e por isso a credibilidade que tem na sociedade cimbrá esta no caixote do lixo.
O Mig. Oliveira não precisou de se sentar ao colo de ninguém. É verdade que não tem boa perna para isso, mas tb não precisou como uns e outros(mas) e (tras)

Anónimo disse...

O amigo das 11.13 quer dizer que o Vilar se sentou ao colo de alguém? Só faltava mais essa.

Anónimo disse...

não burro, quer dizer que alguém preferiu sentar-se ao colo do vilar julgando que assim o tacho vinha mais depressa e sem grande trabalho, mas f_d_u_ _s_

mosca disse...

AO AMIGO DAS 7:45 PM:
O VILAR DEIXOU OBRA FEITA? PODE ESCLARECER-ME É QUE NÃO VEJO QUAL?
O MACHADO SIM, AGORA O VILAR? ESSE SENHOR DEIXOU FOI UMA IMAGEM HORRIVEL NA CAMARA JUNTO DA MAIORIA DOS SEUS FUNCIONÁRIOS QUE LIDARAM COM ELE DIRECTAMENTE POIS SÓ ESSES ME MERECEM CREDIBILIDADE POIS PUDERAM SENTIR QUEM ELE E REALMENTE. OS OUTROS QUE PASSARAM 4 ANOS A SIMPLESMENTE DIZER BOM DIA E BOA TARDE, ESSES NADA SABEM PARA OPINAR

Anónimo disse...

o dr. miguel oliveira ja se esqueceu dos seus tempos de administrativo... e parece que, afinal, nao foi o sr joao silva que lhe valeu na seg social...

Anónimo disse...

Não foi o Tatonas...

Anónimo disse...

E um grande VIVA para o Tatonas!!!!!