quinta-feira, outubro 12, 2006

OS NOSSOS PARLAMENTARES AINDA RECEBEM UM SUPLEMENTO REMUNERATÓRIO QUE PODE CHEGAR A MAIS € 1.500/MÊS EM DESLOCAÇÕES PARA FAZEREM TRABALHO POLÍTICO


A QUESTÃO É: MAS FAZEM-NO?

Os nossos deputados podem chegar a receber mais cerca de € 1.500/mês por a lei presumir que eles vão ao distrito pelo qual foram eleitos contactar com os seus eleitotres e fazerem trabalho político. Ora esse suplemento remuneratório varia com a distância a Lisboa.
É caso para dizer que quando mais longe for o distrito de eleição mais ganha o deputado.



Mas a verdade verdadeira é que os senhores deputados se limitam a ir de "fim-de-semana" a casa e por isso ainda recebem este suplemento remuneratório que pode chegar a € 1.500/mês.

Os nossos deputados, eleitos pelo circulo eleitoral de Coimbra, recebem a mais por esse "trabalho de fim de semana" cerca de € 900/mês. Temos é pena que nunca os tenhamos visto a contactar com as populações e o único trabalho político que fazem é partidário interno para não perderem o respectivo "tacho".

Somos de opinião de que esse trabalho político deveria ter de ser certificado e comprovado para que o deputado pudesse receber os ditos "km".E esta heim?

9 comentários:

Luis disse...

Isto é que é vergonhoso! Então não comenam os cães raivosos?

O Bobo sou eu... disse...

Trabalho politico onde?
Isso deve ser para alguns previligiados que tem contacto directo,nem os próprios militantes conseguem falar com os representantes do circulo quanto mais o resto do Povo, então os do P.S. a maioria ate acho que é de Lisboa ta-se mesmo a ver...
Acho bem que se tenha de fazer prova do que se faz ou então poupe-se ai mais uns cobres para ajudar a reduzir o deficit ou nesta situação já não se pode pois são direitos adquiridos?????

pois é.... disse...

é pá olhem que o amim ninguem mecala ainda diz que isso é populismo de direita.

pois é.... disse...

é pá olhem que o amim ninguem mecala ainda diz que isso é populismo de direita.

Anónimo disse...

Ó bobo aprende a escrever.

Anónimo disse...

Não é populismo de direita, é de extrema direita ou do PCP que é a mesma coisa.

o bobo disse...

nao te convem a minha escrita,a verdade custa e era tão bom que esta gentinha fosse toda ignorante, mas estas com azar o pessoal vai abrindo a pestana e já começa a topar a vossa demagogia.

Anónimo disse...

e os assesores da juventude tambem há?
temos todos que poupar senão esta crise só sobra para o pé descalço...

Anónimo disse...

pior são os delegados da juventude.....não se sabe para que sevem, principalmente num clima de contenção da despesa. se é para analisarem as candidaturecas das associações que recebem em média 600 euros mais vale concessionar esse serviço a uma consultora de tic que eles fazem um programa que analisa tudo com critérios iguais e vomita a decisão. tudo centralizado em lisboa. O que se poupava!!!