domingo, outubro 01, 2006

ALGUNS AUTARCAS DERAM-NOS OS NUMEROS DA APLICAÇÃO DA NOVA LEI FINANÇAS LOCAIS.

UM GRANDE NÚMERO DE MUNICÍPIOS VAI PERDER MUITO DINHEIRO DO OE.
NÚMEROS DA ANMP CONTRARIAM NÚMEROS DO SECRETÁRIO DE ESTADO DAS AUTARQUIAS LOCAIS
AUTONOMIA DAS AUTARQUIAS PODE ESTAR EM CAUSA.
* aplicação da nova Lei das Finanças Locais ao Distrito de Coimbra :
- Arganil : (- 21.2%)
- Cantanhede : ( - 11,2%)
- Condeixa-a-Nova : ( -3,2%)
- Góis : ( - 31,2%)
- Lousã: ( - 15%)
- Miranda do Corvo : ( - 7,9%)
- Pampilhosa da Serra : ( - 23,7%)
- Penacova: (- 12%)
- Penela: ( -25,5%)
- Tábua : (- 25,5%)
- Poiares: (- 31,5%)
- Mira: ( +10,5%)
- Montemor-O-Velho: ( + 3% )
- Figueira da Foz: ( -2% )
- Coimbra: ( - 33% )
- Soure: ( + 16%)

5 comentários:

Anónimo disse...

E a questão será só de números?
Que mal pergunte, todos os Concelhos utilizaram correctamente os dinheiros comunitários e do OE correctamente?
Os Concelhos satisfizeram desde logo as principais necessidades básicas das populações, como o saneamento básico?
Os números só por si nada dizem uma vez que até podem ser um factor de moralização do Poder Local.

O Bobo disse...

pois tambem estou de acordo,cabe ao governo introduzir regras mais apertadas na gestão dos dinheiros publicos senão qualquer dia para alem do pavilhão multi usos temos piscinas olimpicas em todas as freguesias pois a moda da pre- primaria do centro de saude do chafariz etc etc já passou pra historia.

Anónimo disse...

Finalmente "fez-se luz" no bobo.

O BOBO disse...

finalmente?
olhe que nem é preciso ser "bobo" para ver "a luz" há muito tempo

Anónimo disse...

Além de bobo és burro