sexta-feira, fevereiro 03, 2006

Exercício de Memória I


João Portugal avança para a distrital da ‘jota’

João Portugal apresentou já a sua candidatura à liderança da distrital de Coimbra da Juventude Socialista (JS), pretendendo substituir no cargo Pedro Coimbra. O ainda líder da ‘jota’ figueirense conta com “um conjunto de camaradas que me incentivaram a avançar” com uma lista que, neste momento, reúne o acordo de 16 das 17 concelhias socialistas deste distrito, faltando apenas a resposta de Mira. A equipa que se apresenta a sufrágio com Portugal “não pretende romper com o passado, mas sim dar continuidade aos projectos em curso, apresentando, também, novas ideias”.A O Figueirense, João Portugal sublinha ter presente o quadro das eleições europeias, contudo “o nosso cavalo de batalha, o nosso principal objectivo, é recuperar o maior número de autarquias e manter as que já temos do nosso lado”. E como? “Apoiando as Concelhias no que pudermos, e ‘introduzindo’ nas listas o maior número de jovens que conseguirmos”. Um projecto pensado ao pormenor, uma vez que, segundo nos disse, “temos já idealizado um forte plano de formação autárquica para estes potenciais autarcas. Ninguém nos poderá acusar com o argumento da falta de preparação”.As eleições para a distrital acontecem a 16, 17 e 18 de Abril próximo, estando agendado para Soure, a 1 de Maio, um congresso.Com eventual saída de João Portugal da presidência da ‘jota’ figueirense, em princípio será Mário Paiva (número dois da lista de Portugal) que irá desempenhar as funções de liderança neste concelho, uma situação que ainda não está completamente esclarecida. No entanto, João Portugal afirma já que “não vou abandonar a Figueira. Continuarei a ser militante figueirense, e a fazer o que puder pelo meu concelho, estando presente sempre que possível em todas as actividades”.
aqui

17 comentários:

barata disse...

Mais uma vez a verdade vem à tona do mar da mentira!

Volto a perguntar: e agora? não digam que não sabem ler...

Anónimo disse...

Formação Profissional ? Onde ? PROMESSAS...PROMESSAS... o João Portugal não promoveu uma única iniciativa de formaão para quadros autárquicos jovens do PS.
O que o Portugal quer é tacho para ele e os outros que se f...

Anónimo disse...

Portugal não fez nada durante o mandato. Só lérias foi o que ele promoveu.
Os jovens autarcas da JS eleitos nas listas do PS que se desenrasquem e estudem se estiverem à espera do trabalgho do João Portugal para se formarem e melhor exercerem os seus mandatos estão lixados.

Anónimo disse...

Esta notícia é do mandato aque termina agora. Digam lá quantas acções de formação autárquica o Jovem Portugal promoveu na JS e para os autarcas jovens eleitos em 2001?? ZERO
E para o futuro vai voltar a prometer-vos mais formação para os autarcas agora eleitos em 2005 mas continuarão a ser lérias.

Anónimo disse...

Aqui se prova que estão todos a mentir, sem vergonha, dizendo que Portugal foi eleito em Março e por isso não está a antecipar o Congresso!!!

TODOS A MENTIR

M-E-N-T-I-R-A

Quero ver o que mais inventam agora...

Anónimo disse...

Então Marco, o congresso foi na tua terra e já não te lembras de quando foi?!
Vai ao site da JS, de que és secretário nacional, como tanto gostas de dizer, e descarrega o regulamento de harmonização de eleiçoes que foi aprovado em comissão nacional.
Tu que dizes "estou sempre do lado que ganha", tens de te agarrar a estas vigarices todas para que se confirme a tua afirmação.
Já lá vai o tempo do congresso de 1998 em Portimão e da Convenção de Coimbra de 2000 em que enfrentavas o poder instituído. Depois foi aquela cambalhota em Espinho para conseguires ser secretário nacional, matando um projecto que se sabia que era perdedor, mas era o nosso e como se veio a verificar, se tivesse ido até ao fim, tinha sido decisivo na definição da política da JS.
Esse tempo já lá vai, agora és o senhor secretário nacional, conselheiro do senhor deputa(e)do da nação, agarrado ao poder, não olhando a meios para o manteres.
um destesv dias cais do cavalo e depois...É a vida.

Anónimo disse...

Marco Ramalho ao Poder

Hugo Teixeira Francisco disse...

Não poderia deixar de comentar esta “noticia” por vós publicada. Parabéns pelo excelente exercício de memória, uma vez que a mentira tem perna curta, e a memória aparentemente também não funciona muito bem. Eu fui candidato à Assembleia Municipal de Coimbra na passada eleição, e se tive alguma formação autárquica foi graças a uma iniciativa promovida pelo Secretariado Nacional, e nunca pelo Distrital. Mais informo, que na Concelho de Coimbra, se houve algum mérito na campanha, foi graças à Concelhia da JS, e nunca à Distrital. Entendo descabida e insultuosa a candidatura de João Portugal, porque quando olho para a JS Distrital, vejo uma estrutura sem rosto, sem trabalho, mergulhada num constante marasmo, e conduzida por militantes que nunca ninguém viu a trabalhar. A JS não foi criada para servir interesses pessoais.

Anónimo disse...

Vão morrer todos pela boca. João Portugal vai ter formação para jovens autarcas da JS eleitos nas últimas autárquicas. Vão ter notícias disso ainda antes da Convenção Distrital.

Anónimo disse...

Este rapazinho é o protótipo do pequeno carreirista, sem formação séria, aprendiz de intriguista partidário, vaidoso quanto baste...enfim apenas mais um exemplo do que vai por aí nas várias Jotas dos partidos!

Anónimo disse...

Ele é igual ao Paredes prometem tudo nas eleições, e quando já lá estão dentro esquecem tudo, tiveram um grande professor que é José Sócrates prometeu e prometeu, e agora é o que se vê.

Anónimo disse...

Vão ver os arquivos do Diario Coimbra e do Diário as Beiras e vejam as várias iniciativas de formação autárquica que houveramno distrito.

Anónimo disse...

houveram ?? dasse antes de ires para o parlamento tira um curso de formação profissional de comunicação oral e escrita. boa?

Anónimo disse...

"Houveram"...

Não foi erro ortográfico. Foi só uma pequena gralha. É que no teclado dele o "m" está mesmo ao lado do "a". Lá calha...

Mais um discípulo de Marco Ramalho, na arte de bem escrever.

Anónimo disse...

APELO Á SOLIDARIEDADE:
vamos todos contribuir em parceria com a multiópticas(desconto de acordo com o peso)para dar a oportunidade ao camarada hugo francisco de usufruir de um dos 5 sentidos do ser humano-A VISÃO- pois reconhecemos que se o camarada não consegue ver as letras"FEDERAÇÃO DISTRITAL" ao longo de um autocarro de 10(dez) metros durante 1 semana na campanha das autárquicas...BOM então é motivo para nos unirmos por valores e oferecer um belo par de óculos de graduação máxima(fundo de garrafa).

Anónimo disse...

Eu apelo tambem a essa solidariedade. Já vi que há muita gente a ver mal na concelhia de Coimbra a começar pelo camarada Hugo e a acabar no camarada Tralhão.

Anónimo disse...

uma semana? acredito! é capaz é de ter sido nas autárquicas da Figueira, de Soure ou de onde vocês quiserem, mas em Coimbra apenas andou no último dia!