sexta-feira, dezembro 09, 2005

Sem comentários...

O espaço denominado por "Oásis", instalado por Pedro Santana Lopes na praia do Galante, na Figueira da Foz, poderá ser demolido. Um despacho do ministro do Ambiente - que declara a "nulidade" de um protocolo celebrado, em Abril de 2003 - revela que aquele equipamento não está licenciado. O referido protocolo, entre a Câmara Municipal da Figueira da Foz (CMFF), a Capitania do Porto local e a então Direcção Regional do Ambiente e Ordenamento do Território (DRAOT) Centro, hoje, Comissão de Coordenação da Região Centro (CCDRC), transferia, a título excepcional, os poderes de licenciamento daquele equipamento turístico para a Câmara. Algo que agora se prova ser completamente ilegal.

O "Oásis", situado junto à Ponte do Galante, a 400 metros da linha de água, custou meio milhão de euros e é constituído por um lago artificial, cerca de uma centena de árvores exóticas, um bar, um palco e passadeiras em madeira. "(A demolição do "Oásis") é uma hipótese que está em cima da mesa. Se a lei assim o exigir, assim será feita"
aqui

1 comentário:

Anónimo disse...

Só uma perguntinha?
Qual a lotação do pavilhão multidesportos?