quarta-feira, setembro 21, 2005

O Politicehouse respeita o Direito de Resposta...

PS já apresentou queixa na Alta Autoridade

NOTA PARA OS ÓRGÃOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL E PARA OS MUNÍCIPES DO CONCELHO DE COIMBRA

Face à publicação na edição, de 20 de Setembro de 2005, do Diário de Coimbra de uma sondagem referente às próximas eleições autárquicas no concelho de Coimbra, a candidatura de Victor Baptista à Câmara de Coimbra, vem denunciar o seguinte:
1. A sondagem publicada não cumpre os requisitos legais que impõem a divulgação, na respectiva ficha técnica, das margens de erro e nível de confiança.
2. A metodologia aplicada não permite a apresentação destes valores que legalmente são obrigatórios.
3. Os valores apresentados sobre a matriz de fidelização/transferência de voto são sobre segmentos de amostras, e a Alta Autoridade para a Comunicação Social já fez vários pedidos no sentido de não serem apresentados resultados para segmentos de amostras, uma vez que a margem de erro é diferente do erro global.
4.A metodologia utilizada pressupõe necessariamente um conhecimento do universo na vertente sexo e escalão etário, o que significa que a recolha de informação pressupõe que seja igual à do respectivo universo. A título exemplificativo no segmento dos 65 anos ou mais, as proporções de amostra são de 45,1% para o sexo masculino e 54, 9 % para sexo feminino. Os dados do Instituto Nacional de Estatística dizem que as proporções correctas seriam de 40% para o sexo masculino (e não 45.1%) e de 60% para o sexo feminino (e não 54.9%).
5. Nenhum dos estratos apresentados nesta amostra cumpre as proporções das estatísticas oficiais do INE.
6. É ainda de assinalar o facto de terem sido feitas em média 266 entrevistas por dia, tendo participado apenas 12 entrevistadores. Perante o não cumprimento da lei por parte das entidades responsáveis por esta sondagem - Diário de Coimbra e Instituto Português de Administração e Marketing (IPAM) - apresentámos queixa na Alta Autoridade para a Comunicação Social. A estas irregularidades acrescem os indicadores acima apontados que nos fazem duvidar da qualidade técnica do trabalho.

A candidatura de Victor Baptista lamenta que existam no mercado entidades com responsabilidades na formação dos nossos jovens que não cumprem a lei e lamenta que um órgão de comunicação social que se quer isento e idónea, pactue com o não cumprimento da lei. Esperamos que estes acontecimentos não estejam sujeitos a lógicas partidárias. A candidatura de Victor Baptista reitera o valor e a importância dos órgãos e profissionais de comunicação social, um sector fundamental para o reforço da democracia e para o esclarecimento da verdade, prestando assim um verdadeiro serviço público.
A DIRECÇÃO DE CANDIDATURA
REIS MARQUES

no site de Vitor Batista

11 comentários:

Anónimo disse...

Outstanding blogg. Thanks for letting me visit. Cingular Wireless

Anónimo disse...

in www.fazercoisas.blogspot.com

" Os primeiros a enganarem-se são sempre os que tentam enganar os outros.
Geralmente o seu treino advém do facto de começarem por se enganar com o seu próprio engano."

J. L. Balton

Para reflectir ou associar a um qualquer facto ou notícia...

Anónimo disse...

Diário de Coimbra sempre em grande... Para quem ainda tinha dúvidas...

Anónimo disse...

A solidariedade consoante as vogais:
Ja chateia essa insistencia na imbecilidade marketeira que foi a remoçao de algumas letras do nome do candidato socialista.
A nausea começa a competir com a cromice que pensou assim facilitar a comunicaçao.
Que tal se, em vez de continuar a causticar o infortunio socialista da incompetencia ser gregaria, tambem se escrevessem algumas linhas sobre o caracter de outro candidato que nao hesita em deixar cair um dos seus (das suas neste caso) sem lhe proporcionar o direito de defesa.
Batista nao explica porque deixou para trás duas consoantes, mas nao será mais infeliz atirar para o imaginario lamacento da traiçao ou, mais grave porque nao provado, do cumplice compadrio, uma das nossas vogais?

Castanha disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Politicae disse...

Não aceitamos ofensas

Anónimo disse...

Politicae disse...
Não aceitamos ofensas...

a não ser as feitas por vocês.
Blog democrático muito fixe.

Mas vocês não ofendem porque, como disseram noutro dia por causa dos erros que dão, escrevem bêbados.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Politicae disse...

o COMENTADOR ACIMA FAZ BEM EM ESCREVER COMO ESCREVE. aSSIM FICA CLARA A SUA QUALIDADE DE INTERVENÇÃO.

Politicae disse...

De todo o modo, gostaríamos que o nosso caro leitor assíduo, se tem queixas, que nos faça o favor de as elencar. Diga a quem ofendemos e nós corrigiremos, se for o caso.
Ao invés, alguns postadores, como V. excelência, mantêm o hábito de identificar as pessoas o politicae com tudo o que mexe, acusando e ofendendo. O que quisemos mostrar é que os tiros, ataé hoje, foram todos muito longe do casco.

Politicae disse...

Acresce que lamentamos que algumas figuras da nossa pequenina "aldeia"coimbrã vão deixando um rasto de inveja que só os deve ( aos ofendidos) deixar orgulhosos. É que como a sociedade que temos vive da inveja que os que têm sucesso provocam na gerenaridade nos outros, todas as ofensas devem ser interpretadas como sinais de reconhecimento desse sucesso.