sexta-feira, setembro 09, 2005

Não nos podemos deixar de juntar ao manifesto...

Lanço aqui um desafio, que peço a outros blogues a gentileza de divulgar se assim entenderem: num discurso recente, Manuel Alegre fez algumas alusões à transformação do regime em função da suposta adulteração dos mecanismos de transmissão do poder. Regime democrático ou dinástico?O desafio que proponho aos leitores consiste em identificar os casos de laços de parentesco na política. Por exemplo, um líder de uma distrital cujo filho seja deputado. Um governador civil cujo filho faça parte dos órgãos de um partido. Um presidente da câmara cuja mulher seja ministra. E assim sucessivamente.Os dados deverão ser enviados para o email: paulogorjao@gmail.com.Daqui a oito dias tornarei pública uma primeira listagem.

No Bloguitica...

10 comentários:

Anónimo disse...

ACABOU O BLOQUEIO do PORTA AVIÕES?
NÃO ME DIGAM QUE O ALMIRANTE QUER AJUDAR A FAZER MAIS UM ROMBO NA BARCA SERRANA DO ALCAIDE DE ALMEDINA

VAI UM TIRINHO?

Visconde de Trianon

Anónimo disse...

Parece que o VISCONDE, o JORNALEIROS e o TOCAFOGE, são o Almirante - TIRADENTES, em versão 3 em 1
Será verdade?

Anónimo disse...

UI UI
TB VALE POLITICOS DE UM PARTIDO QUE ACEITAM TACHOS DE OUTRO?
PONHAM LÁ RISCADO PARVALHEIRA, QUE BEBE DO TACHO DO PIRATA DAS ÁGUAS

macaso disse...

Vejam lá se não se esquecem dos irmãos e das irmãs...

Vitor Manuel disse...

Vou apoiar essa iniciativa.

Anónimo disse...

Paulo Gorjão: «A manifestação faria sentido se o Presidente da República tivesse dado algum sinal de que estaria disposto a aceitar um Governo liderado por Pedro Santana Lopes. Ora, os sinais que chegam do Palácio de Belém indicam o contrário.»

Parem as rotativas, Paulo Gorjão recebeu sinais de Belém. Não leiam os jornais, não ouçam os políticos. Paulo Gorjão tem amigos bem colocados. Paulo Gorjão exige a antecipação de congressos, apoia candidatos à liderança do PS, dá-nos umas dicas, pisca-nos o olho e sabe umas histórias. Paulo Gorjão tem pose de Estado, e por isso é raríssimo dizer realmente alguma coisa. Mas está bem colocado e recebe sinais de Belém que mais ninguém vê.

Quem é Paulo Gorjão? Não sabem? Cambada de ignorantes. É médium. E como se não bastasse, apoia José Lamego. Um homem assim, ouve-se sempre com muita atenção. Os sinais, os sinais, já os sinto.

Anónimo disse...

PORRA, QUE ESTE GORJÃO NÃO ACERTA UMA PRÁ CAIXA

[1325] O DESTINO SORRI AOS AUDAZES?
Caro Rui, até agora, a única pessoa que se chegou à frente e que, no momento certo, disse aquilo que tinha de ser dito foi José Lamego.
Para já, Lamego não tem apoios relevantes no PS que tornem a sua candidatura uma ameaça para Ferro Rodrigues. Muitos suspeitam que a sua candidatura não é para levar até ao fim no congresso (antecipado, ou não). Muitos suspeitam que ele está apenas a abrir caminho para António Vitorino.
Como qualquer outra pessoa, José Lamego tem defeitos e virtudes.
Para já, não posso deixar de o elogiar e lembrar que quem não responde "presente" na chamada arrisca-se a ter falta.
Dito de outro modo, Lamego arrisca-se a tornar-se no polo agregador de todos aqueles que não se identificam com a liderança de Ferro Rodrigues.

# posted by PG : 14:59

Anónimo disse...

ih ih, o Encarnas leva um porradão dos diabos na internet.
Ora comparem o sítio do homem com o do Victor Baptista. Santíssima Senhora.
E aqui no destila-ódio que faz de conta ké imparcial, enguliram e calaram!

Condessa de Ceira

Anónimo disse...

Na Câmara de Coimbra há lá um superior que meteu 3 familaires a trabalhar com ele.
Estye contributo é pró bufo do Paulo Gozão

Na Câmara de Poiares há bué deles, família do Jaimão.
Alguns não se tem a certeza se são família

Alcaide da Bemposta

Anónimo disse...

Quando se fizer a história destas eleições, fixem a noite de 11 para 12 de Setembro, para depois perceberem porque lhe vão chamar a noite das facas-longas.
Enquanto o Director Marketeiro Malotas se afadigava em provar, com seis posts, no seu blog, que o Encarnação ganhou o debate, quem tem juízo está reunido a arranjar maneira de o pôr fora da carroça, e com urgência.
É só o que posso dizer, mas ainda vou saber mais resultados. O Encarnação já percebeu a bota toda, mas não sabe como sair dela.
Isto está mau prós directores de campanha. No campeão das aldeias vinha que o Vilarinho foi substituído por um que não me lembra o nome.
E quem se apresta para substituir o Malotas?
Os homens do Pilha Cobres.
Só não sei se o Encarnação fica a ganhar com a troca.
No lugar dele ia falar já com o gao que fez a campanha do Clinton, doutro modo ou perde ou ganha àrrasquinha.