sexta-feira, setembro 30, 2005

Guerra nas Sondagens...

Duas sondagens hoje divulgadas dão resultados contraditórios quanto à preferência dos eleitorescom uma a dar vantagem ao PSD pela primeira vez em dois anos e a outra a manter o PS na frente, mas sem maioria absoluta.
O Barómetro da Marktest para o DN e TSF, relativo a Setembro, indica que os sociais-democratas seriam os vencedores se as eleições legislativas se realizassem hoje, o que aconteceria pela primeira vez nos últimos dois anos, com 39 por cento, mais cinco pontos percentuais que os socialistas.
De sinal contrário é o estudo de opinião da Eurosondagem para a Rádio Renascença, Expresso e SIC, também relativo a Setembro e igualmente divulgado hoje, que aponta para a manutenção do PS no topo das preferências dos eleitores, com 38 por cento, mas perdendo a maioria absoluta, ficando o PSD a 8,5 pontos percentuais.
Segundo o Barómetro DN/TSF, o partido liderado por José Sócrates baixou de 43 por cento para 34 por cento em relação ao último barómetro, realizado em Julho.
Enquanto o partido do Governo cai nove pontos percentuais nas intenções de voto, o principal partido da oposição sobe oito pontos...
Segundo o Diário de Notícias, a última vez que o PSD liderou este Barómetro foi em Outubro de 2003, quando Durão Barroso era primeiro-ministro e Ferro Rodrigues líder do PS.
A sondagem, divulgada a 10 dias das eleições autárquicas de 09 de Outubro, mostra que é nas mulheres e nos mais idosos que o PSD consegue os resultados mais elevados, respectivamente 41,4 por cento e 45,1 por cento.

aqui

P.S.- Isto faz-me lembrar alguma coisa...

1 comentário:

sargento_pimenta disse...

Hum!

Bem visto caro Nemo.

Mas tiramos muitas conclusões ;o)